24/05/2024

TikTok testa app que paga por assistir vídeos; entenda

Nesta proposta da rede social os usuários vão receber de uma forma diferente dos criadores de conteúdo do TikTok atualmente.

O TikTok, popular plataforma de vídeos curtos com mais de 1,5 bilhão de usuários globalmente, introduziu o TikTok Lite em fase de testes. Esta versão oferece incentivos para visualização de vídeos e está atualmente disponível em fase de teste em quatro países: Espanha, França, Japão e Coreia do Sul.

xr:d:DAFM9cUtXWQ:3899,j:4518661015101662159,t:24041300

O aplicativo requer que os usuários tenham mais de 18 anos e está disponível para dispositivos Apple e Android.

No TikTok Lite, os usuários ganham pontos ao descobrir novo conteúdo ou realizar ações como assistir vídeos completos, interagir com criadores e fazer check-ins diários. Esses pontos podem ser trocados por cartões-presente ou usados para apoiar os criadores de conteúdo favoritos, promovendo a monetização da plataforma.

Essa iniciativa busca aumentar o engajamento dos usuários e fortalecer a comunidade criativa do TikTok, oferecendo aos criadores uma nova maneira de gerar renda através do apoio dos fãs.

Embora ainda não tenha sido anunciada uma data específica para o lançamento do TikTok Lite em outros países, a empresa enfatiza que está constantemente procurando maneiras de melhorar a experiência de seus usuários. Isso sugere que estão trabalhando ativamente no desenvolvimento e na expansão do aplicativo para além das regiões onde já está disponível.

Mais concorrência com o Instagram

Outra novidade do TikTok, é que eles estão planejando lançar o TikTok Notes, uma nova rede social de compartilhamento de imagens para competir com o Instagram. O novo aplicativo permitirá aos usuários compartilhar imagens existentes e futuras, além de escrever descrições para acompanhar as imagens, semelhante ao Instagram.

O TikTok ainda não anunciou a data de lançamento da nova ferramenta, TikTok Notes, nem se ela se integrará ao novo programa de recompensas para criadores. Sua introdução parece estratégica, considerando os desafios que o TikTok enfrenta nos EUA, onde há pressão para banir o aplicativo do país inteiramente.

1 COMENTÁRIO

Se inscrever
Notificar de
guest
1 Comentário
Mais antigo
Mais recente Mais Votados
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários