sexta-feira, 3 de novembro de 2017

Telefonia fixa perde mais de 74 mil linhas em agosto

O que você achou? 
Dados da Anatel apontam que 1,2 milhão de linhas foram canceladas nos últimos 12 meses. 

Nesta sexta-feira, 3, a Anatel divulgou os números da telefonia fixa em agosto deste ano. O serviço fechou agosto com 41.196.896 linhas, o que resultou na redução de 74.812 linhas, em comparação com o mês de julho. 

Nos últimos 12 meses, a telefonia fixa perdeu 1.249.220 linhas, de acordo com os dados divulgados pela agência. A redução de linhas das concessionárias tem chamado a atenção, só em agosto 101.359 linhas foram canceladas.

Por empresa

A autorizada com maior evolução foi a Algar Telecom com um acréscimo de 22.545 novas linhas (7,79%) em agosto, a maior queda das autorizadas no período foi da Sercomtel com a perda de 87 linhas. 

Entre as concessionárias , a Algar Telecom também apresentou o maior crescimento em agosto com a adição de 1.743 novas linhas, apenas Oi, Sercomtel e Vivo registraram redução de linhas fixas no período. 

Nos últimos 12 meses, a TIM obteve o maior aumento de linha nas autorizadas, registrando 103.392 novas linhas, seguida pela Algar Telecom com 86.555 novas linhas. A Claro/NET teve a maior queda no período, com a perda de 433.793 linhas

A Algar Telecom também conseguiu destaque entre as concessionárias com 26.085 novas linhas em um ano, as maiores quedas foram registradas pela Oi, com perda de 740.121 linhas, e Vivo com menos 324.657 linhas

Por estado 

Entre as linhas de autorizadas, o estado com maior evolução na comparação no mês de agosto foi São Paulo com um aumento de 21.766 linhas. A maior queda foi registrada pelo Maranhão com a perda de 14.854 linhas

Entre as linhas de concessionárias, o maior crescimento foi registrado pelo Piauí com um aumento de 296 linhas, já a maior queda foi registrada pelo estado do Rio de Janeiro com a perda de 26.798 linhas

Nos últimos 12 meses, a maior evolução no grupo das autorizadas foi no estado de Santa Catarina com o acréscimo de 46.976 novas linhas no período, já São Paulo obteve a maior redução com a perda de 138.114 linhas. Entre as concessionárias, todos os estados do país apresentaram queda no período, as maiores reduções foram nos estados de São Paulo, com menos 320.498 linhas e do Rio de Janeiro com a perda de 194. 304 linhas. 

LEIA TAMBÉM:


2 comentários:

  1. Tenho 2 telefones fixos em casa... 1 da Oi e 1 da TIM.
    Mas acredito que telefone fixo vai ficar mesmo só para empresas no futuro. Não há mais demanda para fixos residenciais depois do whats app e dos planos com minutos ilimitados para qualquer operadora.

    ResponderExcluir
  2. Tenho 01 linha fixa da Algar Telecom somente para "chegar" internet; nem lembro mais quando foi que utilizei o fixo aqui do apartamento. No escritório, prefiro utilizar meu celular com chamadas ilimitadas do que utilizar o fixo da empresa!

    ResponderExcluir