segunda-feira, 6 de novembro de 2017

Sprint e T-Mobile desistem de negociar possível fusão

O que você achou? 
Duas das maiores operadoras de telefonia móvel nos Estados Unidos não chegaram a um concesso sobre fusão. 

Nesta semana, a T-Mobile e a Sprint anunciaram em nota conjunta à imprensa que desistiram de negociar uma fusão entre as empresas. As operadoras vinham discutido o assunto, mas não chegaram a um consenso aceitável para ambas. 

O presidente-executivo da Sprint, Marcelo Claure, afirmou que mesmo sem o acerto, as empresas reconhecem os benefícios que seriam gerados pela fusão. As negociações foram mediadas pelo grupo SoftBank, controlador da Sprint e pela Deutsche Telekom, dona da T-Mobile

De acordo com o comunicado, as empresas ressaltaram que ambos os lados realizaram medidas para incentivar o acordo, mas que no fim decidiram seguir cada uma por conta própria. A fusão elevaria o valor das empresas no mercado, formando uma forte concorrente em telefonia móvel nos EUA, apostando na tecnologia 5G para angariar clientes no mercado. 

Com a desistência do acordo, a Sprint terá de buscar novos alternativas para se recuperar no mercado, já que vem sofrendo perdas recorrentes de créditos. A Deutsche Telekom tentou firmar termos que garantissem a empresa uma parte das ações da T-Mobile após a fusão. Com informações do Valor. 

LEIA TAMBÉM:


Nenhum comentário:

Postar um comentário