21/02/2024

Claro Flex esconde ‘pegadinha’ para clientes que quiserem usar o eSIM

Clientes do plano Claro Flex devem realizar verdadeira "gambiarra" para converterem o chip físico em eSIM.

O Claro Flex, plano digital da operadora Claro, se destaca pelos vários benefícios oferecidos aos usuários, mas há um importante detalhe relacionado ao eSIM, chip virtual integrado nativamente na placa de alguns celulares. Além de oferecer maior praticidade, o SIM Virtual também proporciona maior segurança e privacidade, impedindo que o ladrão desative a linha telefônica em caso de furto ou roubo do telefone, algo que pode ser facilmente feito quando o chip é físico.

aplicativo claro flex

Recentemente, a Apple liberou para os iPhones a possibilidade de converter o SIM físico em virtual com poucos cliques, porém a novidade não pode ser aproveitada pelos clientes Flex, que devem realizar uma verdadeira “gambiarra” para terem esse recurso.

Conforme apurado pelo Minha Operadora, não há nenhuma opção disponível no aplicativo Claro Flex ou nas configurações do Android/iOS que possibilite usar o número cadastrado no plano digital na modalidade eSIM sem gastar nada a mais por isso.

Na página do plano, a Claro afirma ser possível ativar o Flex com eSIM pelo próprio aplicativo, porém isso não funciona para quem possui o chip físico. Na verdade, é preciso adquirir outra linha para, então, convertê-la em digital.

A redação compareceu presencialmente até a unidade da Claro no Galleria Shopping, na cidade de Campinas (SP), onde o atendente informou ser preciso buscar ajuda pelo bate-papo do aplicativo, pois o plano Flex é exclusivamente digital.

Através do canal oficial da Claro pelo WhatsApp, conversamos com um funcionário que explicou o passo a passo para aproveitar o eSIM sendo Flex, mas a tarefa não é fácil.

Afinal, como ter o eSIM no Claro Flex?

Pelo o que disse o colaborador da empresa, para converter sua linha cadastrada no Claro Flex em eSIM é preciso acessar o site e comprar o “prezão e-chip” — opção que custa R$ 19,99 — e solicitar a conversão pelo chat do app.

O número atual será migrado para o novo e o eSIM será habilitado. Veja a explicação do funcionário (para fins de entendimento, corrigimos os erros ortográficos):

“No Claro Flex, a troca de chip é exclusiva via chat, podendo acessar o app na parte logada e solicitar em conversa com atendente a troca. O cliente deverá informar o número do ICCID do novo chip, que inicia “89”, e tem até 22 dígitos no total, e enviar a foto da numeração para confirmar. Após isso, o telefone antigo será associado ao seu novo chip e-SIM”.

O que diz a Claro?

Procurado pela redação, o assessor de imprensa da Claro se comprometeu em enviar uma resposta nas próximas horas. O texto será atualizado se recebermos o posicionamento da empresa sobre o assunto.

[ATUALIZAÇÃO – 31/01/2024 19H45]:

Segue posicionamento oficial da Claro sobre o assunto:

“A Claro informa que é a primeira e única operadora da América Latina a oferecer o serviço de ‘Transferência Rápida de eSIM’ – disponível, inicialmente, para clientes dos serviços Pré, Controle e Pós-Pago, desde dezembro de 2023. E, em breve, irá disponibilizar a ‘Transferência Rápida de eSIM’ nos iPhones para toda a base do plano Claro flex, que é 100% digital.

Para clientes da base do Claro flex, é possível ainda realizar o teste gratuito do plano com uso do eSIM, sem fidelidade, e que dá acesso à 32GB de dados móveis e apps ilimitados, como o TikTok, WhatsApp, Facebook, Instagram, X, Waze e Claro música. Para isso, basta realizar a solicitação do teste gratuito do Claro flex com o uso do eSIM no chat disponível no aplicativo para receber o passo-a-passo e consiga ativar o chip virtual, sem custos adicionais.”

24 COMENTÁRIOS

Se inscrever
Notificar de
guest
24 Comentários
Mais antigo
Mais recente Mais Votados
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários