Pós-pago ultrapassa pré-pago na telefonia móvel

Desde 2015, o número de linhas na modalidade pré vêm caindo no país.

De acordo com dados divulgados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), o número de linhas móveis na modalidade pós-paga finalmente superou o pré-pago.

Em setembro passado, o número de acessos no pós pago foi de 114,7 milhões (o que corresponde a 50,3% do total) e no pré-pago foi de 113,6 milhões.


Desde 2005, quando a Anatel começou a divulgar os dados, esta é a primeira vez que o número de linhas pós-paga se tornou maioria.

O auge do pré-pago ocorreu em 2010, quando a modalidade registrava 82,6% das linhas ativas no país.

VIU ISSO?

–> Operadoras podem deixar de oferecer serviço de caixa postal

–> Vivo Easy está oferecendo 100% de cashback

–> Intervozes entra com recurso no MPF contra prática do zero-rating

O fim do “efeito clube”, a popularização dos aplicativos de mensagens instantâneas e o aumento no uso de dados pelos consumidores são considerados os principais fatores para explicar o aumento no número de clientes do pós-pago.

O país registrou 228,3 milhões de acessos na telefonia móvel. A densidade é de 94,8 acessos para cada 100 habitantes.

Com informações de Anatel.

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
1 Comentário
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários