24/02/2024

Aumento de mensalidade dos streamings tem afastado clientes

Último semestre teve muitas alterações de preços e notou-se que diversos clientes resolveram abrir mão do streaming no geral.

As recentes alterações nos preços dos planos oferecidos pelas empresas de streaming têm causado preocupações entre os consumidores, levando muitos a considerar a possibilidade de cancelar suas assinaturas. Alguns desses planos agora custam mais de R$ 40,00 por mês, o que gerou uma onda de pesquisas nos mecanismos de busca sobre como encerrar essas assinaturas.

Streaming

As grandes empresas de streaming têm justificado esses reajustes de preços, mencionando diversos fatores, como a necessidade de investir em conteúdo exclusivo e na melhoria da qualidade de transmissão. No entanto, apesar das justificativas apresentadas, o aumento dos valores tem tido um impacto negativo na percepção dos consumidores em relação às assinaturas de streaming.

Em uma análise das buscas realizadas pelos usuários dos principais serviços de streaming no Brasil, a plataforma de Inteligência de Mídia chamada Tunad identificou algumas tendências interessantes. No mês de janeiro deste ano, a Globoplay anunciou um aumento de preço em seus planos, e como resultado, houve um aumento significativo de 26% nas buscas relacionadas ao cancelamento do serviço por parte dos consumidores.

Posteriormente, alguns meses depois, a Netflix anunciou uma nova política de cobrança adicional para o compartilhamento de senhas entre usuários. Esse anúncio provocou um aumento ainda mais expressivo, de 78%, nas buscas relacionadas ao cancelamento da assinatura da Netflix.

Em maio, a plataforma Prime Video também comunicou um aumento nos preços de seus pacotes de assinatura. Novamente, o padrão se repetiu, com um aumento de 65% nas buscas relacionadas ao cancelamento dos serviços da Prime Video.

Esses dados sugerem que os anúncios de reajustes de preços ou mudanças nas políticas de cobrança podem ter um impacto significativo na decisão dos consumidores de cancelar suas assinaturas nos serviços de streaming, resultando em aumentos consideráveis nas buscas relacionadas ao cancelamento.

Durante o primeiro semestre de 2023, a Netflix registrou o maior aumento médio nas buscas por cancelamento de assinaturas, com um aumento significativo de 14%. Essa tendência foi observada em meio a um cenário em que os brasileiros enfrentam desafios financeiros crescentes.

De acordo com Ricardo Monteiro, Diretor de Operações da Tunad, especializada em análise de tendências de consumo, os consumidores brasileiros estão encontrando dificuldades em manter mais do que dois a três serviços de streaming simultaneamente. Essa limitação financeira reflete a realidade econômica das famílias no país.

Monteiro ressalta que o aumento nos custos relacionados à assinatura de múltiplos serviços de streaming pode levar a um fenômeno de cancelamentos em massa. Isso ocorre devido às pressões financeiras enfrentadas pelas famílias brasileiras, que buscam equilibrar suas despesas em um ambiente econômico desafiador. Portanto, o aumento nas buscas por cancelamento na Netflix pode ser interpretado como um reflexo das preocupações financeiras dos consumidores brasileiros em relação à crescente despesa com entretenimento online.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários