25/06/2024

O gerenciador de senhas LastPass foi invadido

A empresa informou a invasão, mas ainda não encontrou os culpados. Porém o aplicativo continua funcionando normalmente.

O gerenciador de senhas LastPass informou, nesta quinta-feira, 25, que começou uma investigação para identificar uma possível invasão. A empresa detectou que um indivíduo sem autorização teve acesso ao ambiente de desenvolvimento. O objetivo era roubar alguns códigos-fonte e informações técnicas do sistema do aplicativo. 

Logomarca do gerenciador de senhas LastPass

O anúncio foi feito por Karim Toubba, através de uma nota representando a empresa. Segundo ela, foi verificado o incidente há duas semanas, mas as pessoas não foram encontradas. Porém, os serviços do LastPass estão funcionando normalmente. 

Toubba disse ainda que a pessoa suspeita pelo ataque teve acesso através de uma conta de desenvolvedor que foi comprometida. A responsável pelo LastPass também afirmou que a empresa já tomou tomou algumas medidas para concluir esse caso:

“Enquanto nossa investigação está em andamento, alcançamos um estado de contenção, implementamos medidas de segurança aprimoradas adicionais e não vemos mais evidências de atividade não autorizada”.

Sobre o gerenciador de senhas LastPass

Trata-se de um programa que gerencia senhas. O serviço deles funciona da seguinte forma: criptografa as informações de logins que o usuário informar para o gerenciamento utilizando uma outra senha, que se trata na verdade de uma senha mestra. O LastPass pode ser usado tanto no computador quanto no celular. 

O seu principal concorrente é o 1Password. O LastPass é uma das referências no assunto gerenciar senhas. A empresa diz o programa é utilizado por mais de 33 milhões de pessoas e 100 mil empresas. 

Proteção de senhas e segurança das contas

Além de fazer senhas mais fortes e adotar algumas medidas de segurança em relação a cada conta na internet, os gerenciadores de senhas são uma boa forma de aumentar a segurança das contas em sites e aplicativos. 

Mas para estar coberto diante de falhas, é importante sempre usar senhas com combinações de números e letras, com poucas repetições. Além de sempre trocar e ativar todos os sistemas de segurança que os aplicativos ou sites pedirem, como por exemplo a verificação de duas etapas.

ViaG1
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários