Receita do iPhone é maior do que a da Disney, Nike e Coca-Cola juntas

Segundo dados da Statista, por causa do smartphone, a empresa chegou a marca de US$ 3 trilhões em valor de mercado em janeiro deste ano.

De acordo com dados reunidos pela Statista, desde que foi lançado em 2007, o iPhone já vendeu mais de US$ 1,5 trilhões, sendo que somente no ano passado a receita da Apple foi de US$ 192 bilhões. Para a consultoria, o smartphone da empresa é o produto de maior sucesso da história pós-revolução industrial.

Segundo o levantamento, o faturamento da Apple está à frente dos faturamentos de Nike, Disney e Coca-Cola juntas.

“Quando o primeiro iPhone foi colocado à venda, em junho de 2007, ele preencheu todos os requisitos que um lançamento demandava: hype, euforia e longas filas para experimentar a novidade. Nos últimos 15 anos, esse mesmo iPhone se tornou o que muitos consideram o produto de maior sucesso da história”, diz o relatório.

Em 2021, a receita do smartphone da Apple foi maior do que a da Microsoft, que ocupou a segunda posição do ranking com US$ 168 bilhões em vendas, seguida por Verizon, US$ 133 bi, GM, US$ 127 bilhões. Na lista ainda estão JP Morgan, US$ 121 bi, P&G, US$ 76 bilhões, Disney, US$ 67 bi, Nike, US$ 44 bi, Coca-Cola, US$ 39 bi e McDonald´s, US$ 24 bilhões.

Ainda de acordo com o levantamento, por causa do iPhone, a Apple chegou a marca de US$ 3 trilhões em valor de mercado em janeiro deste ano, resultado da confiança dos investidores de que a fabricante continue explorando novos mercados (metaverso e carros automatizados) e produtos sucesso de venda. No primeiro dia de negociação de ações em 2022, as ações da empresa bateram um recorde de US$ 182,88, fazendo dela a empresa mais valiosa do mundo e a primeira a atingir tal marco.

Entretanto, a Apple tem presenciado um crescimento em sua receita em outros setores. É estimado que até 2025 ocorra um crescimento de quase 40% para duas linhas de receita: games e música. O banco JP Morgan aponta que as receitas desses dois segmentos devem chegar a US$ 8,2 bilhões.

Vale ressaltar que o Apple Music, é o segundo serviço de streaming do mundo, perdendo apenas para o Spotify. Durante o balanço do primeiro trimestre, referente a março, a receita total dos dois foi de US$ 19,8 bilhões, incluindo App Store e Apple TV+.

Cleane Lima
Cleane Lima
Jornalista, Comunicóloga, Repórter e Redatora há mais de 3 anos, com experiência na produção e revisão de conteúdo para internet. Adora escrever sobre qualquer assunto. "Palavras são, na minha humilde opinião, nossa inesgotável fonte de magia". Alvo Dumbledore. E-mail para contato: [email protected]

1 COMENTÁRIO

Acompanhar esta matéria
Notificação de
1 Comentário
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários
1
0
O que você acha? Comente!x