InícioEconomia e NegóciosSpotify é o que mais cresce entre os streamings nos EUA, segundo...

Spotify é o que mais cresce entre os streamings nos EUA, segundo pesquisa

Pesquisa revela a idade das pessoas que mais consomem a plataforma, não somente pela música, mas por outro formato de produção de conteúdo.

De acordo com uma pesquisa realizada pela Morgan Stanley e divulgada pela Billboard no último final de semana, o Spotify é o streaming que mais cresceu nos Estados Unidos. O estudo aponta que entre os anos de 2019 e 2021, a plataforma teve um aumento de 7% para 10% na participação do consumidor como assinante, sendo que os maiores consumidores são os jovens.

“No geral, os resultados reforçam nossa tese de OW (overweight) sobre ações SPOT (Spotify) do mercado de áudio”, disseram os analistas do Morgan Stanley, de acordo com a Billboard.

A pesquisa também apontou que os jovens entre 18 e 29 anos são os que mais passam tempo ouvindo música no Spotify, sendo que contabilizou 21% dos consumidores, enquanto que outras faixas incluem quem assiste YouTube, com 17%, ouvem rádio, com 14% e são assinantes da SiriusXM, rádio via satélite com 6%.

Os consumidores com 65 anos ou mais nasceram em uma época em que o principal meio de escutar música era pelo rádio, sendo que eles já se encontravam na meia-idade quando o iTunes fazia o download digital popular. Na pesquisa, eles são o 57% daqueles que escutam rádio AM/FM.


LEIA TAMBÉM:

–> TIM patrocinará eventos musicais em 2022

–> Apple lança canal streaming de música gratuito

–> Apple lança plano mais barato e por comando de voz no Apple Music

Sobre o Spotify

Trata-se de um serviço de streaming de música, podcast e vídeo que foi lançado oficialmente em 7 de outubro de 2008 e foi desenvolvido pela startup Spotify AB em Estocolmo, Suécia.

Há diversos planos disponíveis na plataforma, sendo que o mais barato custa R$ 9,90/mês e o mais caro custa R$ 34,90/mês. Em todos os planos, o assinante pode utilizar o aplicativo durante um 1 mês como teste grátis. Além disso, a depender do plano, o cliente pode acrescentar outras contas para usufruir da plataforma. Ou seja, mais de uma pessoa tendo acesso ao Spotify por uma única assinatura.

O seu crescimento vai além da música, mas pelo formato de podcast que tem ganhado força nos últimos anos, sendo que a plataforma abriu um espaço fértil para novas produções nesse segmento.

Cleane Lima
Jornalista, Comunicóloga, Repórter e Redatora há mais de 3 anos, com experiência na produção e revisão de conteúdo para internet. Adora escrever sobre qualquer assunto. "Palavras são, na minha humilde opinião, nossa inesgotável fonte de magia". Alvo Dumbledore.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários