22/06/2024

Metade das pessoas usam a TV para acessar a internet, revela TIC

Dados da pesquisa TIC Domicílios 2021 mostram que a televisão vem se destacando como aparelho usado para acessar à Internet.

O Ministério das Comunicações (MCom) divulgou nesta terça-feira, 21, os dados da pesquisa referente ao uso de Tecnologias de Informação e Comunicação nos domicílios brasileiros em 2021, estudo conhecido como “TIC Domicílios” realizado anualmente pelo Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic.br).

De acordo com o levantamento, metade dos brasileiros que se conectam à Internet utilizam aparelhos de televisão para acessar a rede, número que demonstra crescimento desde a 2014 subindo 43 pontos percentuais em oito anos.

Em contrapartida, a pesquisa revela que o número de pessoas que utiliza computador (desktop, laptop e tablet) vem caindo vertiginosamente desde a TIC Domicílios 2018, ano em que o índice geral era de 43% e passou para 36% no ano passado, isto é, uma queda de 7 pontos percentuais em quatro anos.

pesquisa-tic-domicilios-2021

Enquanto a televisão e computador exibem resultados que contrastam, o telefone celular se mantém estável desde 2019, ano em que esteve presente para 99% dos entrevistados e desde então não sofreu alteração no patamar.

Por que o uso da TV aumentou?

Embora os fatores que tenham contribuído para a popularização do uso das Smart TVs sejam uma incógnita, acredita-se que o início da pandemia em 2021 — momento em que o uso da internet disparou devido ao isolamento social — tenha impulsionado a aquisição de televisores mais modernos e, consequentemente, o uso desses dispositivos para consumo de entretenimento via plataformas de streaming.

Segundo os dados, a região Norte foi a que teve maior aumento na participação da TV no acesso à Internet, saindo de 24% (2019) para 45% em 2021, número que quase dobrou nesse intervalo; Sul e Sudeste possuem 57% e 52% da população, respectivamente.

Nesse cenário, o perfil socioeconômico classe “A” corresponde a 74% dos acessos, seguido pela classe “B” com 66%.

Sobre a pesquisa

A pesquisa é realizada em todo o Brasil, anualmente, em domicílios aleatoriamente selecionados, com base no Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Para a TIC Domicílios 2021 foram coletadas informações em 23,9 mil domicílios. O período de coleta se estendeu de outubro de 2021 a março de 2022.

FonteMCom
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários