01/07/2022

Brasília pode ser a primeira capital a receber o 5G ‘puro’ no país

Por atender com facilidade os requisitos de limpeza de faixa, a cidade poderá ter os equipamentos instalados até o final do mês; entenda.

Na quarta-feira (15), Gaispi, grupo responsável por traçar diretrizes e supervisionar a limpeza da faixa de 3,5 GHz, se reuniu para acompanhar o processo dos trabalhos da EAD (Siga Antenado) na liberação do espectro nas capitais. Da reunião saiu uma notícia muito boa para a população de Brasília.

A Siga Antenado informou que possui número adequado de receptores (LNBs) para iniciar os trabalhos por Brasília, uma vez que tem em estoque 97 recetores e a cidade necessita de 94. Além disso, afirmou que é possível instalar os equipamentos até o final do mês.

De acordo com Moisés Moreira, presidente do Gaispi, Brasília é uma cidade plana, mais fácil de calcular interferência no FSS com base na topologia, além de ter baixa presença de TVRO (serviços via satélite) nas áreas centrais. Com isso, por cumprir com facilidade os requisitos de limpeza, foi a escolhida pela EAF para iniciar o processo de implementação do 5G.

Por causa da escassez de receptores para FSS (equipamentos de serviços profissionais de satélite) no mercado brasileiro, o prazo para a limpeza de faixa foi prorrogado, adiando assim a implantação do 5G nas capitais brasileiras. Inicialmente, os trabalhos da EAD estavam previstos para serem finalizados em 29 de junho, mas foram alterados para 29 de agosto.

Em Brasília, a Siga Antenado já iniciou a campanha sobre a chegada do 5G e a necessidade de distribuição de kits Ku para a população inscrita no Cadastro Único, onde serão distribuídos 3.321 kits aos beneficiários.

A instalação dos novos receptores FSS está programada para acontecer na próxima semana, com a expectativa de chegar a troca de 10 filtros por dia.

“Será um piloto, muita coisa pode acontecer nas primeiras ativações, então será um aprendizado. Orientei a EAF que, à medida que tiverem os filtros em mãos e capacidade concreta de trabalhar em mais cidades, podemos deliberar os planos, até em reuniões extraordinárias se preciso”, falou Moreira ao portal Tele.Síntese.

Segundo o portal, com base no que for feito em Brasília, a EAF apresentará os planos para iniciar o serviço em outras capitais, liberando a faixa em cerca de seis outras capitais ainda em julho.

Cleane Lima
Cleane Lima
Jornalista, Comunicóloga, Repórter e Redatora há mais de 3 anos, com experiência na produção e revisão de conteúdo para internet. Adora escrever sobre qualquer assunto. "Palavras são, na minha humilde opinião, nossa inesgotável fonte de magia". Alvo Dumbledore.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários
0
O que você acha? Comente!x