29/06/2022

Operadoras estão com dificuldade para falar sobre os benefícios do 5G além da conectividade

Pesquisa da IDC aponta que somente 36% dos clientes móveis afirmam saber o que é 5G e outros 59% afirmam ter uma vaga noção do que seja.

De acordo com uma pesquisa realizada pela consultoria IDC Brasil, as empresas de telefonia móvel não estão conseguindo passar para os consumidores de varejo e corporativos do segmento quais os benefícios do 5G além da conectividade, uma vez que somente a velocidade de transmissão de dados e baixa latência se mostra como a base de interesse na nova tecnologia.

Segundo Luciano Saboia, gerente para o segmento de telecom da IDC, nos dados de levantamentos mais recente com clientes B2C (varejo), poucos estão mencionando novos serviços, como educação e treinamento através de realidade virtual, sinalização digital, controle de robôs e automação, gerenciamento de frotas, telemedicina ou carros conectados.

Na pesquisa com o consumidor final foram ouvidas 723 pessoas no Brasil, enquanto que nas empresas, o levantamento ainda está em andamento, mas já ouviu 51 representantes de grupos com mais de 100 funcionários.

“Com a proximidade da estreia do 5G standalone nas capitais as operadoras devem investir em comunicação para informar as pessoas sobre as possibilidades do 5G. Até o momento, vemos que para o usuário final ainda há desconhecimento sobre o que o 5G pode de fato significar, que benefícios e transformações pode promover”, disse Saboia.

Dos dados levantados pela IDC, somente 36% dos clientes de telefonia móvel afirmam saber o que é 5G, enquanto outros 59% afirmam ter apenas uma vaga noção do que seja. Dados que afetam negativamente o interesse do consumidor em ter o serviço.

Somente 22% dos entrevistados dos consumidores finais afirmaram ‘com certeza’ que pretendem mudar para o 5G nos próximos 12 meses, já 42% acham provável a mudança. O restante estão divididos entre indiferentes ou os que não tem interesse na mudança.

No corporativo, 54% dos entrevistados acreditam que a nova rede irá melhorar a conectividade nos escritórios, enquanto dos outros, a maioria cita melhoria técnica relacionado à baixa latência, a possibilidade de uso da realidade virtual via rede móvel, ou o 5G DSS.

As empresas também afirmam que será através das operadoras móveis que irão contratar o serviço de 5G, sendo que 41% acreditam que esse seja o caminho. Seguido de integradores de sistemas (20%), ISPs regionais (12%), provedor de solução IoT (10%), entre outros.

No geral, a pesquisa mostra que tanto no segmento de varejo quanto no corporativo, ainda há um baixo conhecimento ou falta de conhecimento quanto aos benefícios da nova tecnologia que vão além da conectividade, sendo que “Ainda não está evidente no segmento B2B a transformação que o 5G pode produzir nos negócios”, afirma Saboia.

Cleane Lima
Cleane Lima
Jornalista, Comunicóloga, Repórter e Redatora há mais de 3 anos, com experiência na produção e revisão de conteúdo para internet. Adora escrever sobre qualquer assunto. "Palavras são, na minha humilde opinião, nossa inesgotável fonte de magia". Alvo Dumbledore.

2 COMENTÁRIOS

Acompanhar esta matéria
Notificação de
2 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários
2
0
O que você acha? Comente!x
POCO F4 / POCO X4 GT no AliExpress