24/05/2022

Warner Bros Discovery encerrará serviço de streaming CNN+

Cancelamento acontece menos de um mês após o anúncio do lançamento.

A Warner Bros Discovery anunciou nesta quinta-feira (21) que encerrará seu serviço de notícias de streaming CNN +. A ação aconteceu menos de um mês após seu lançamento altamente elogiado.

Foto: Reprodução Internet

O serviço, que buscava capitalizar a popularidade do streaming de vídeo e o crescimento das assinaturas de notícias digitais, encerrará suas operações no dia 30 de abril. O executivo que ajudou a projetar a estratégia de streaming da CNN, Andrew Morse, também deixará a empresa.

“A CNN será mais forte como parte da estratégia de streaming da WBD, que vê as notícias como uma parte importante de uma oferta mais ampla e atraente, juntamente com conteúdo de esportes, entretenimento e não-ficção”, disse o presidente e CEO da CNN Worldwide, Chris Licht, em comunicado. tomou a decisão de encerrar as operações da CNN+.”

Licht disse que a CNN concentrará seus recursos em suas principais operações de coleta de notícias e na construção da CNN Digital.

A CNN lançou o CNN+ no final do mês passado, uma mistura de rostos conhecidos como Anderson Cooper e Chris Wallace, séries originais e novos recursos como o “Interview Club”. Mas começou devagar, atraindo apenas 10.000 espectadores por dia.

Sua estreia em 29 de março, antes da fusão da controladora WarnerMedia com o Discovery em 8 de abril, provocou especulações sobre seu destino como um serviço autônomo.

O presidente global de streaming da Warner Bros Discovery, J.B. Perrette, disse em comunicado que a marca CNN e seu conteúdo farão parte de uma oferta de streaming mais abrangente. A empresa também opera o HBO Max e o Discovery +, dois serviços que a empresa disse que planeja combinar.

Carolina Veneroso
Carolina Veneroso
Jornalista, formada pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Atua como repórter, redatora e com produção de conteúdo há 5 anos. Apaixonada por entrevistar e conhecer pessoas e novas histórias.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários