21/02/2024

Vivo inaugura usina de fonte solar em Nova Cruz (RN)

Usina irá suprir consumo de mais de 320 unidades da operadora, como lojas, escritórios, antenas e equipamentos de transmissão; saiba mais.

Nesta quinta-feira (3), a Vivo inaugurou sua primeira usina solar de geração distribuída no Rio Grande do Norte (RN). A produção será injetada na rede da companhia de distribuição da COSERN (Grupo Neoenergia) e irá suprir o consumo de mais de 320 unidades da operadora, como lojas, escritórios, antenas e equipamentos de transmissão dentro da área de cobertura.

Usina solar na cidade de Nova Cruz. Foto: Divulgação/Vivo

A usina de fonte solar foi construída na cidade de Nova Cruz em parceria com o Grupo Gera em uma área de oito hectares e tem o potencial de gerar 4.905 megawatts/hora ao ano.

De acordo com a Vivo, a usina gera economia para a empresa e está alinhada aos pilares da iniciativa ambiental, social e de governança (ESG), além de gerar também benefícios sociais, ambientais e econômicos para a região, onde, segundo a empresa, a fase de construção gerou 65 empregos. Na fase operacional, são cinco postos fixos de trabalho. Além disso, também foram realizadas obras de melhoria na rede elétrica do entorno.

“Além de contribuir com o meio ambiente, por ser renovável e de baixo impacto, a geração distribuída de energia alivia o sistema de distribuição e gera economia, sendo uma importante iniciativa da Vivo nos pilares Ambiental, Social e de Governança (ESG)”, afirma o diretor de Patrimônio da Vivo, Caio Guimarães.

LEIA TAMBÉM:

–> Um Telecom implanta usina solar em São Caetano (PE)

–> Vivo inaugura 1º usina de geração distribuída de biogás em São Paulo

–> Vivo faz reajuste de preço em seus planos controle

Das 85 usinas de geração de distribuição que a Vivo pretende constituir, 22 já estão em operação, em diferentes regiões do Brasil e com diferentes parceiros, produzindo energia a partir de fontes solar, hídrica ou de biogás.

A empresa tem a estratégia de avaliar a produção própria de energia de fontes renováveis. Segundo a Vivo, a produção de Geração Distribuída de energia da operadora no país responderá por 89% do consumo em baixa tensão, atendendo mais de 30 mil unidades da empresa, em uma produção de 711 mil MWh/ano de energia, o suficiente para atender uma cidade de até 320 mil habitantes.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários