03/07/2022

IPTV Pirata: rede com 500 mil usuários é descoberta na Itália

Assim como acontece no Brasil, outros países também estão tendo que montar ações contra a pirataria de conteúdo audiovisual; saiba detalhes.

O combate contra a IPTV pirata não acontece apenas em território brasileiro. A luta contra a atividade ilegal também é bastante forte na Europa, especialmente na Itália, onde as autoridades têm realizado inúmeras investigações para identificar redes irregulares e acabar com tal prática.

A operação oficializada pelas autoridades italianas em 2020, realizou ação recentemente para desmantelar não somente serviço de IPTV pirata, mas também empresa de servidores que utilizam várias redes de IPTV. Denominada de “Operação: a Rede”, a iniciativa tem o objetivo de investigar e desmantelar redes de fornecimento e venda de tais serviços.

Na ação mais recente, as autoridades conseguiram desmantelar a rede “CyberGroup”, que contava com mais de 500 utilizadores, sendo que uma rede como essa contava com uma complexa infraestrutura tecnológica e era operada por diversas pessoas. Segundo as autoridades italianas, a ação foi realizada em 4 cidades diferentes, onde foram investigadas casas de 20 suspeitos.

A Sky TV Itália foi uma das redes televisivas mais afetadas por tal prática ilegal, onde agradeceu os esforços das autoridades italanas durante completa operação.

LEIA TAMBÉM:

–> Pirataria Digital e desafios para o crescimento da IPTV no Brasil

–> IPTV gratuito rlaxx TV lança app compatível com dispositivos Android

–> IPTV pirata quadruplicou no Brasil, segundo América Móvil

“A Guardia di Finanza tem o apoio total da Sky no seu combate à pirataria audiovisual e agradecemos a operação de hoje, a mais recente numa crescente série de ações muito eficazes contra a pirataria. A pirataria audiovisual ajuda não só a financiar o crime organizado e afeta as indústrias criativas, mas também representa riscos para os utilizadores”.

Não foram relevadas as informações sobre eventuais investigações e ações judiciais para tais pessoas que usavam a rede de IPTV pirata, mas é possível que a polícia expanda seu raio de ação assim que for desmantelada por completo a rede. Em situações passadas, as redes costumam ter sempre diversos detalhes pessoais dos seus utilizadores, permitindo a identificação e localização por parte das autoridades.

Cleane Lima
Cleane Lima
Jornalista, Comunicóloga, Repórter e Redatora há mais de 3 anos, com experiência na produção e revisão de conteúdo para internet. Adora escrever sobre qualquer assunto. "Palavras são, na minha humilde opinião, nossa inesgotável fonte de magia". Alvo Dumbledore.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários
0
O que você acha? Comente!x