InícioEconomia e NegóciosVenda de imóvel da Oi no Leblon é aprovada em conselho

Venda de imóvel da Oi no Leblon é aprovada em conselho

Buscando diminuir as suas dívidas, a operadora Oi aprova venda de imóvel no Leblon, mas ainda aguarda aprovação da Anatel; saiba detalhes.

Em mais uma ação para ter dinheiro no caixa, a Oi, que está em recuperação judicial, afirmou que pretende vender imóvel da companhia localizado no Leblon, Rio de Janeiro.

O imóvel está em um terreno de aproximadamente 2.295m2 e tem área construída de 13.182m2, segundo a operadora. A decisão de venda do imóvel que fica na Rua Humberto de Campos, 425, foi aprovada em conselho por unanimidade.


No entanto, a venda ainda está sujeita a diligência prévia (due diligence), que é o processo de investigação realizado pelo comprador para avaliar os riscos da transação. Além disso, dependerá também da aprovação da Anatel.

“Será dada ciência da aprovação ora concedida ao Juízo da 7ª Vara Empresarial da Comarca da Capital do Estado do Rio de Janeiro e será postulada a expedição de alvará judicial para a transferência do bem”, disse a Oi.

LEIA TAMBÉM:

–> Antiga InfraCo, V.Tal é oficialmente vendida pela Oi

–> Com a venda da Oi Móvel, clientes terão vantagens na Claro

–> Venda da Oi Móvel começou a ‘destravar’, segundo olhar de ‘bastidores’

Recuperação judicial da Oi

Desde que entrou em recuperação judicial em 2016, a Oi possuía uma dívida de R$ 65 bilhões. Desde então, a operadora tem vendido ativos para reduzir seu endividamento.

As maiores vendas da operadora feitas até agora foi a Unitel (R$ 4,2 bilhões), das torres e datas centers (R$ 1,4 bilhões) e da telefonia móvel (R$ 15,8 bilhões).

Segundo Rodrigo Abreu, CEO da Oi, a operadora “fazia de tudo, para todo mundo, em todo o país“, o que resultou em diversos problemas financeiros, ao mesmo tempo que a queda da telefonia fixa e dos serviços associados à infraestrutura de fios de cobre também estava sucumbindo. A partir daí, as receitas da Oi foram ficando escassas com a transição da tecnologia.

Quanto às ações da Oi, nesta sexta-feira (8) fecharam a R$ 0,93, valor bem distante do preço-alvo de R$ 2,65. A compra dos papéis da Oi é recomendada por três entre quatro das casas de análise da bolsa.

Cleane Lima
Jornalista, Comunicóloga, Repórter e Redatora há mais de 3 anos, com experiência na produção e revisão de conteúdo para internet. Adora escrever sobre qualquer assunto. "Palavras são, na minha humilde opinião, nossa inesgotável fonte de magia". Alvo Dumbledore.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários