Leilão do 5G ocorrerá em outubro, diz governo

Anatel deverá publicar a versão final do edital nos próximos dias.

Leilão do 5G ocorrerá em outubro, diz governo

Segundo o Ministério das Comunicações (MCom), o leilão de frequências do 5G no Brasil deverá ser realizado em outubro de 2021. A informação é de Maximiliano Martinhão, secretário de Radiodifusão da pasta.

Nesta terça-feira, 31 de março, ele participou de um simpósio promovido pela Associação Brasileira das Prestadoras de Serviço de Telecomunicações Competitivas (TelComp), representando o ministro Fábio Faria, que está fazendo uma viagem internacional.

Segundo Martinhão, a publicação do edital pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) será feita nos próximos dias, iniciando o que o governo está chamando de o “maior leilão de radiofrequências da história”. Após a aprovação do edital pelo Tribunal de Contas da União, a Anatel está realizando as adequações recomendadas para seguir com a publicação do texto final, incluindo a garantia de condições igualitárias às empresas concorrentes.

“Estamos concluindo as etapas que antecedem a realização do leilão, prestes a ver concretizado um processo que recebeu total prioridade por parte do Governo Federal e todo empenho do Ministério. A atuação do MCom tem sido no sentido de fomentar a competição na oferta da tecnologia 5G e incentivar que mais empresas participem do processo para trazer novas tecnologia e realizar os investimentos que o Brasil precisa”, enfatizou Martinhão.

VEJA TAMBÉM:

–> Em live, Claro realiza demonstração inédita do 5G Standalone

–> Intelbras fecha parceria com a americana Qualcomm para a oferta do 5G no país

–> Fábio Faria promete 5G em todas cidades com mais de 30 mil habitantes até 2028

O presidente da Anatel, Leonardo Euler, também estava no evento e falou sobre a importância das obrigações previstas no edital para a ampliar a conectividade no país, como a garantia de cobertura do 4G em 27 mil km de estradas federais, além do compromisso de levar a fibra óptica a mais de 600 municípios.

“Temos um leilão que conversa com o meio ambiente, na medida que é previsto R$ 1,5 bilhão de reais para infovias no Norte; com a cidadania, pois temos inclusão digital com a cobertura dessas localidades; com a infraestrutura, devido a cobertura de estradas; e com diferentes áreas importantes de estado da política brasileira”, observou Euler.

Leonardo também ressaltou que a tecnologia 5G tem potencial para desenvolver outras, como Internet das Coisas (IoT), robótica, realidade virtual e aumentada. Entre os setores beneficiados estão a indústria, o agronegócio e outros setores produtivos.

Com informações de Assessoria de Imprensa Ministério das Comunicações.

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 9 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
1 Comentário
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários