InícioDefesa do ConsumidorAnatel registra em 2021 o menor volume de reclamações desde 2015

Anatel registra em 2021 o menor volume de reclamações desde 2015

Balanço aponta a retomada de uma tendência de queda no número de queixas dos consumidores.

Anatel registra em 2021 o menor volume de reclamações desde 2015

De acordo com balanço realizado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), o número de reclamações de consumidores do serviço de telecom no primeiro semestre deste ano foi o menor registrado desde 2015. Entre janeiro e junho, a agência recebeu 1,2 milhão de queixas contra as operadoras, número 15% inferior ao semestre anterior. Só em junho foram 183,1 mil reclamações.

Quando é ponderado as queixas em relação à base de consumidores (reclamações/1.000 acessos em serviço/mês), a taxa recuou de 0,85 para 0,70 entre o 2º semestre de 2020 e o 1º semestre de 2021. O número demonstra a retomada de uma tendência de queda no volume de reclamações que vem sendo registrada nos últimos anos, interrompido apenas em 2020, por conta das mudanças nos hábitos de consumo devido à pandemia.

O destaque ficou para o serviço de banda larga. No primeiro semestre, foram contabilizadas 314 mil reclamações, queda de 15% em relação ao que foi registrado entre julho e dezembro de 2020. Em relação ao primeiro semestre do ano passado a queda foi de 20%. Porém, o número ainda é maior do que o registrado no primeiro semestre de 2019 (299 mil queixas) e no segundo do mesmo ano (282 mil).

“A banda larga vem se consolidando como o serviço proporcionalmente mais reclamado na Anatel: desde o 1º semestre de 2019 o Índice de Reclamações (IR) desse serviço superou o da TV por Assinatura, que até então ocupava essa posição. No 1º semestre de 2021, o IR da banda larga foi de 1,44 reclamações/1.000 acessos/mês”, explicou a Anatel.

VEJA TAMBÉM:

–> Anatel começa a entrevistar consumidores sobre a qualidade dos serviços de telecom

–> Oi lidera reclamações de consumidores em 21 estados brasileiros

–> Número de reclamações de clientes de telecom cai 28%

Entre as empresas, a agência reguladora apontou que a Claro foi a prestadora que mais teve redução no volume de queixas sobre banda larga nos primeiros seis meses de 2021. Mas pontuou que a operadora também apresentou os maiores aumentos de reclamações na comparação com os níveis registrados antes da pandemia.

Já os outros serviços de telecomunicações também tiveram redução no número de queixas, como a telefonia móvel pós-paga com 418 mil reclamações no primeiro semestre (queda de 15% em relação ao período anterior) no celular pré-pago com 166 mil (-21%), telefonia fixa com 227 mil (-12%) e TV por assinatura com 92 mil (-28%).

Com informações de Assessoria de Imprensa Anatel.

Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 9 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
CONTEUDO RELACIONADO
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários

MAIS POPULARES