InícioEconomia e NegóciosInvestimentos em telecom ultrapassam os R$ 7 bilhões no primeiro trimestre

Investimentos em telecom ultrapassam os R$ 7 bilhões no primeiro trimestre

Montante é 10% superior na comparação com o mesmo período do ano passado.

Segundo balanço realizado pela Conexis Brasil Digital, os investimentos das operadoras no setor de telecomunicações somaram R$ 7,6 bilhões nos três primeiros meses de 2021.

Este é o maior montante desde o primeiro trimestre de 2014, que registrou R$ 7,7 bilhões (com a correção do valor pela inflação).

O investimento realizado no primeiro trimestre representa uma alta nominal de 10% em relação ao mesmo período de 2020, que registrou R$ 6,9 bilhões (ou R$ 7,3 bilhões em valores atualizados).

Ao considerar os efeitos da inflação, o crescimento foi de 3,6%.


VEJA TAMBÉM:

–> Operadoras pedem prioridade na vacinação de empregados

–> Número de reclamações de clientes de telecom cai 28%

–> ‘Não Me Perturbe’ já conta com 8 milhões de números cadastrados

A entidade setorial ressalta que a alta de investimentos ocorre em meio a um cenário de baixo crescimento econômico, além de uma queda de 4,1% no Produto Interno Bruno (PIB) em 2020, por conta da pandemia da Covid-19.

“Mantivemos, nos últimos anos, os investimentos anuais acima de R$ 30 bilhões, o que mostra o compromisso do setor com o país. Esses investimentos no primeiro trimestre mostram também que teremos um papel fundamental na retomada da economia e que a redução da carga tributária do setor é urgente para expandir a banda larga”, afirmou o presidente executivo da Conexis Brasil Digital, Marcos Ferrari.

Além do crescimento nos investimentos, a mão de obra no setor de telecom também aumentou, passando de 520,8 mil empregos diretos no final de 2020 para 522 mil em março deste ano.

Por outro lado, a receita bruta das empresas do setor de telecomunicações no primeiro trimestre de 2021 somou R$ 61,7 bilhões, queda de 3,4% em relação aos três primeiros meses do ano passado, que registrou R$ 64 bilhões em valores atualizados pela inflação.

Acessos na banda larga

Em março passado, o Brasil ultrapassou a marca de 250 milhões de acessos em banda larga fixa e móvel

Segundo dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), o país registrou 251,2 milhões de acessos, sendo 37,1 milhões são na banda larga fixa e 214 milhões na banda larga móvel.

O montante representa um crescimento de 9% em relação a 2020.

A taxa é superior à média registrada nos últimos cinco anos, que era de 2,4% na comparação de março a março.

Entre março de 2019 e março de 2020, por exemplo, o número de acessos cresceu 1,7%.

Com informações de Conexis Brasil Digital.

Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 9 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários