InícioEconomia e NegóciosOperadoras pedem prioridade na vacinação de empregados

Operadoras pedem prioridade na vacinação de empregados

Grupo inclui 881 mil trabalhadores dos serviços de telefonia, internet e TV por assinatura.

Operadoras pedem prioridade na vacinação de empregados

A Conexis Brasil Digital, em parceria com outras associações setoriais, enviou ao Ministério da Saúde pedido de priorização na vacinação contra a Covid-19 dos profissionais do setor de telecomunicações.

De acordo com a entidade, o grupo inclui 881 mil trabalhadores que atuam externamente, na “linha de frente”, nos serviços de telefonia, internet e TV por assinatura.


Deste total, 825 mil trabalham com a instalação, manutenção e reparos de rede, garantindo o funcionamento dos serviços, incluindo dentro de hospitais.

Outros 56 mil colaboradores atuam diretamente com o público, na parte de vendas ou atendimento ao cliente.

VEJA TAMBÉM:

–> Paquistão ameaça bloquear celular de quem recusar vacina

–> Bolsonaro apoia compra de vacinas por parte das empresas

–> Tecnologia da Claro será utilizada para monitorar temperatura de vacinas

A estimativa é que esses profissionais têm contato direto com 30 milhões de pessoas todos os meses.

“É imprescindível que estes trabalhadores, que estão diariamente na linha de frente, sejam priorizados para vacinação para a proteção de suas vidas. Nossos trabalhadores se expõem para que a população brasileira cumpra as medidas de isolamento social, estude, trabalhe e mantenha relações pessoais à distância e com segurança”, afirmou o presidente executivo da Conexis Brasil Digital, Marcos Ferrari.

A carta foi enviada diretamente para o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, e ao secretário-executivo do Ministério da Saúde, Rodrigo Cruz.

Além da Conexis Brasil Digital, o documento é assinado pela Associação Brasileira de Provedores de Internet e Telecomunicações (Abrint), Associação Brasileira de Infraestrutura para Telecomunicações (Abrintel), Confederação Nacional da Tecnologia da Informação e Comunicação (ConTIC), Federação Brasileira das Empresas em Telecomunicações (Febratel), Federação Nacional dos Trabalhadores em Telecomunicações (Fenattel), Associação Brasileira das Prestadoras de Serviços de Telecomunicações Competitivas (Telcomp) e União Geral de Trabalhadores (UGT).

Também assinam a carta a Federação Nacional das Empresas de Informática (Fenainfo), Federação Nacional de Instalação e Manutenção de Infraestrutura de Redes de Telecomunicações e de Informática (Feninfra), Fitratelp, Livre, Associação de Operadores de TV por Assinatura, Provedores de Internet, Fornecedores de Soluções e Serviços (Associação Neo) e Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações do Estado de São Paulo (Sintetel).

Em maio, a ConTIC já havia se manifestado a favor da priorização na vacinação dos profissionais do setor de telecom.

Com informações de Conexis Brasil Digital.

Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 9 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários