Vivo irá doar R$ 150 mil para instituição de apoio a mulheres grávidas

Parte do valor será arrecadado por meio de campanhas na plataforma Vivo Valoriza e na página da Fundação Telefônica Vivo.

Mulher grávida com a logomarca da Vivo na frente
Reprodução: MiraBaby

A Fundação Telefônica Vivo informou que está apoiando o Centro de Acolhida para Gestantes, Mães e Bebês, da Instituição Amparo Maternal.

A iniciativa integra as ações da Vivo para o Dia das Mães e a instituição apoiada é responsável pelo acolhimento de mulheres grávidas em situação de vulnerabilidade social.

Elas recebem o apoio da instituição desde o início da gravidez até os primeiros seis meses de vida da criança.

Nesse sentido, a Fundação Telefônica Vivo irá doar R$ 100 mil à instituição. O valor será destinado a reformas e reparos estruturais, além de garantir a alimentação das mulheres atendidas por até 180 dias.

Além disso, a Vivo irá promover uma campanha através da plataforma Vivo Valoriza, onde os clientes poderão doar pontos do programa de relacionamento, que serão revertidos em dinheiro pela Fundação.

VEJA TAMBÉM:

–> Telefônica Vivo estende inscrições para incubação de empreendedores

–> Telefônica Vivo leva projeto de educação para municípios de Sergipe

–> Fundação Telefônica Vivo cria ação sobre novos formatos educativos

Cada doação, em pontos, será o equivalente a R$ 25 em voucher e, com isso, espera-se alcançar mais R$ 25 mil para a instituição, que servirão para garantir, durante cinco meses, a alimentação das 50 gestantes atendidas.

A empresa também organizará um crowdfunding em seu site para receber doações a partir de R$ 20 que serão usadas para a compra de insumos para enxoval, como colchões adulto e infantil, carrinho para bebês, assim como aquisição de utensílios de cozinha e roupas e calçados de inverno para as gestantes.

Com esta campanha, a Vivo pretende arrecadar mais R$ 25 mil, totalizando R$ 150 mil em doações para a instituição.

Associação Amparo Maternal

A instituição existe há 82 anos como uma organização filantrópica que atua na área materno-infantil de Assistência Social em São Paulo.

O Centro de Acolhida para Gestantes, Mães e Bebês faz parte da Associação Amparo Maternal e funciona como um abrigo provisório, onde as gestantes em situação de vulnerabilidade social podem encontrar proteção até os seis meses de vida da criança.

Com informações de Telefônica.

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários