Vivo acredita que grandes operadoras vão recuperar liderança na banda larga

Atualmente, pequenos provedores dominam o mercado da internet fixa em 3,5 mil cidades brasileiras. Confira o vídeo.

Vivo acredita que grandes operadoras vão recuperar liderança na banda larga

Nesta quinta-feira, 20 de maio, durante evento online, o CEO da Vivo, Christian Gebara, afirmou que a Vivo e outras grandes operadoras poderão retomar em breve a liderança no mercado de banda larga fixa no Brasil.

De acordo com um recente estudo divulgado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), os pequenos provedores lideram o mercado de internet fixa em 3.467 cidades brasileiras.

Perguntado sobre esse crescimento acelerado dos provedores regionais, Gebara explicou que esse cenário foi resultado de uma realidade no país em que muitas regiões, incluindo várias cidades, não tiveram por muito tempo o upgrade das redes de cobre para uma tecnologia mais avançada.

Com isso, os pequenos provedores viram uma oportunidade para criar as próprias redes, em alguns casos com a tecnologia FTTC (fibra até o poste) e em outros o FTTH (fibra até a casa), sendo que este último domina o mercado atual.

VEJA TAMBÉM:

–> Anatel pede ajuda de provedores para mapear fibra no país

–> IBGE: Internet está presente em 83% dos domicílios brasileiros

–> Quase 9 mil localidades no Brasil ainda não contam com 3G ou 4G

O executivo lembrou a compra pela Vivo da Global Village Telecom, a antiga GVT, que também vinha nesse processo de levar a fibra onde as grandes operadoras não chegam.

Entretanto, ele afirma que o “jogo mudou”, com as grandes operadoras reagindo.

No caso da Vivo, Gebara diz que a empresa começou a reagir antes, principalmente em São Paulo (estado de origem da concessão), e após para outras regiões a partir da compra da GVT.

“Hoje, quase todas as capitais do Brasil têm Vivo Fibra. Nós entramos e temos sucesso em todas elas e sempre nos deparamos com players locais. O mesmo posso falar de outras cidades que não são capitais e que tem tamanho considerável”, afirma o executivo.

Ele ressalta que a Vivo já está entrando “com muita força” com a fibra óptica em cidades com mais de 100 mil habitantes.

Christian também afirma que o mesmo está ocorrendo com a Oi, a partir dos recursos levantados por meio da venda de ativos, acelerando a migração do cobre para a fibra em todos os municípios.

O executivo aproveitou para argumentar que a rede de fibra da Vivo tem maior qualidade, resultado da expertise da empresa em construção de infraestrutura, além de incluir outros serviços, como a TV Paga, que, segundo ele, pequenos provedores não têm a oferta e que 30% dos clientes da Vivo ainda compram.

Ele aposta ainda nos acordos internacionais firmados com a Netflix, Prime Video e Disney+, para incluir as assinaturas dos streamings nos planos de banda larga.

“Nós somos uma operadora convergente, no sentido que somos celular, somos fixo, e também temos acordos de serviços digitais únicos. Acho que a nossa oferta conjuntamente é imbatível”, finaliza Gebara.

A live “Expert Talks com Vivo”, realizada pela XP Investimentos, pode ser acompanhar na íntegra abaixo:

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
7 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários