InícioTV por AssinaturaTransmissão das Olimpíadas na TV contará com nova tecnologia

Transmissão das Olimpíadas na TV contará com nova tecnologia

Apesar da pandemia, Jogos de Tóquio serão realizados em julho e agosto deste ano.

Transmissão das Olimpíadas na TV deverá contar com nova tecnologia

De acordo com Maximiliano Martinhão, secretário de Radiodifusão do Ministério das Comunicações (MCom), a transmissão pelas emissoras de TV das Olimpíadas 2021 deverá contar com a tecnologia de “som imersivo”.

O recurso permite experimentar o áudio sendo percebido de várias direções, assim como ocorre nos cinemas ou por meio de aparelhos do tipo “home theater”, que utilizam um conjunto de cinco ou seis caixas de som.

A nova tecnologia usa as reflexões do som nas paredes e teto do ambiente para simular o que seria feito por várias caixas de som ao redor do usuário.

“O home theater é complicado porque você precisa ter as caixas colocadas de forma bem precisa para criar o efeito: uma central, duas frontais, duas traseiras e mais um subwoofer”, observa Martinhão.

VEJA TAMBÉM:

–> Governo libera por mais um ano a multiprogramação na TV digital

–> Graças a TV Digital, Record promove votação pelo controle remoto

–> Com Fórmula 1, Band alcança a vice-liderança na audiência

O som imersivo permite que o áudio reproduza sons de maneira mais próxima da realidade.

Além de condensar a reprodução em apenas um único aparelho, o som imersivo permite que o usuário escolha no controle remoto diferentes configurações.

Por exemplo, dar mais destaque a uma trilha sonora de uma novela, aproximar a narração de um documentário ao ouvido ou escutar apenas a torcida durante um jogo de futebol.

Outra possibilidade é que a audiodescrição, um recurso importante para pessoas com deficiência visual, pode ser direcionada, evitando a confusão de áudios.

“Quem tem deficiência visual, por exemplo, pode escolher colocar a audiodescrição atrás de si para descrever a cena do filme, cujo som está vindo pela frente. Esse usuário vai entender melhor o que está sendo transmitido”, explica Otávio Caixeta, chefe de gabinete da Secretaria de Radiodifusão do MCom.

Atualmente, novos modelos de televisores e smartphones já são compatíveis com a tecnologia, mas é necessário que a transmissão televisiva também ocorra nesse novo padrão.

A maioria dos serviços de streaming e algumas emissoras de TV já transmitem o áudio compatível com a tecnologia.

A expectativa é que a transmissão dos jogos olímpicos deste ano também utilize o som imersivo.

“Essa novidade será especialmente interessante para a audiência de televisão brasileira”, completou o secretário de Radiodifusão.

A tecnologia foi demonstrada nesta terça-feira, 4 de maio, durante a Semana das Comunicações, realizada pelo Ministério das Comunicações.

As Olimpíadas de 2021, que será realizada em Tóquio, no Japão, deverão ocorrer entre os dias 23 de julho e 8 de agosto.

Com informações de Ministério das Comunicações.

Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 9 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
CONTEUDO RELACIONADO
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários

MAIS POPULARES