Na Europa, Xiaomi toma a vice-liderança da Apple em vendas

Fabricante chinesa bateu a gigante de Cupertino e vira segunda marca no mercado europeu de smartphones.

De acordo com levantamento realizado pela Counterpoint Research, a Xiaomi agora mantém por pouco a vice-liderança em vendas de smartphones na Europa, perdendo apenas para a Samsung.

A fabricante coreana ostenta o topo do ranking com 35% do mercado, enquanto a dona das marcas Redmi e Poco aparece em seguida com 21% da fatia. Os dados são referentes ao mês de abril de 2021.

A Apple surge em terceiro lugar com 1 em casa 5 vendas de smartphones no mercado europeu. A fabricante Oppo vem um pouco atrás com 6% do mercado, seguida pela OnePlus com 2%.

Ao comparar com o mesmo período de 2020, Xiaomi teve um crescimento de 216%, enquanto a Oppo avançou 314% e a OnePlus decolou com quase 750% de crescimento em vendas.

VEJA TAMBÉM:

–> Xiaomi abandona de vez a lista de empresas proibidas dos EUA

–> Xiaomi quer começar a fazer ‘carros elétricos’

–> Xiaomi lança os seus primeiros smartphones 5G no Brasil

Vale ressaltar, porém, que o ano de 2020 foi amplamente afetado pelas restrições impostas para combate o vírus da Covid-19 e portanto não é de se estranhar agora essas porcentagens gigantes.

No ano passado, assim como diversos setores da economia, o mercado de smartphones foi bastante castigado e teve perdas muito grandes. Os consumidores preferiram esperar antes de fazer qualquer troca ou upgrade.

Agora com o avanço da vacinação na América do Norte, Europa e outras regiões do globo, a economia volta a ganhar força e as pessoas se sentem mais seguras em sair de casa para consumir inclusive presencialmente.

Depois de meses com vendas residuais de smartphones, o mercado europeu começa a se recuperar e as marcas se moldaram às propostas que foram colocadas em prática para trabalhar neste cenário.

Assim foi possível observar todo este aumento nas vendas, levando a chinesa Xiaomi para a vice-liderança do ranking que em determinado momento já contou com a Huawei ostentando o topo para que hoje sequer apareça no TOP 5.

Gráfico da Counterpoint mostra ranking das principais fabricantes na Europa. Imagem: Reprodução

Com informações de Pplware

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários