Senai e Huawei se unem para capacitar profissionais no setor de telecomunicações

Parceria ainda prevê três laboratórios de fibra óptica no Distrito Federal, Bahia e Tocantins.

Imagem de um homem utilizando um tablet.
Imagem: Divulgação.

A Huawei e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) firmaram uma parceria para a oferta de cursos com certificação para o setor de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC).

Além disso, a instituição anunciou, juntamente com a empresa chinesa, a instalação de laboratórios de capacitação profissional para o mercado de trabalho.

Os laboratórios serão entregues ao Distrito Federal, Bahia e Tocantins e vão servir para a instalação e manutenção de tecnologia FTTH (Fiber To The Home ou fibra óptica).

Esses laboratórios visam atender, principalmente, a geração de jovens adultos que não estudam nem trabalham. No total, a multinacional chinesa pretende abrir, com a colaboração de instituições de ensino, 12 laboratórios em todo o país.

O primeiro foi inaugurado em março deste ano, na cidade de Niterói, no Rio de Janeiro, no Polo do Centro Universitário da Unisuam.

A Huawei e o Senai esperam formar, até o final do ano, cerca de dois mil alunos. Vale destacar que as inscrições para o curso “5G – Indústria de Aplicações” são gratuitas. Informações sobre outros cursos podem ser encontradas na página do Mundo Senai.

VIU ISSO?

–> Huawei ativa rede 5G no Brasil

–> Huawei anuncia série de cursos gratuitos no Brasil

–> Laboratório de pesquisa 5G da Huawei pega fogo na China

Além disso, a parceria ainda prevê a criação do programa ICT Academy Senai/Huawei que irá ofertar, incialmente, cursos à distância e presenciais nas áreas de Cloud, Inteligência Artificial, fibra óptica e 5G.

Segundo o Diretor de Relações Públicas e Governamentais da Huawei, Bruno Zitnick, existe um défict de mão de obra qualificada para a instalação de fibra óptica e que cubra a demanda de banda larga fixa que tende a crescer com a chegada do 5G.

Por isso, a parceria busca tanto sanar essa questão quanto combater o desemprego entre os jovens ociosos.

Somente nos últimos cinco anos, a Huawei já formou mais de 36 mil alunos em todo o país, através de seus programas educacionais. A empresa chinesa ainda busca capacitar mais 40 mil pessoas nos próximos cinco anos.

A parceria entre a Huawei e o Senai começou em 2019, no Paraná, com a oferta do curso de Instalador Técnico de equipamentos de Telefonia Móvel, voltado às tecnologias wireless, microwave e FTTH, que já formou e reciclou, aproximadamente, 200 profissionais parceiros da Huawei.

Com informações de Agência de Notícias CNI.

Acompanhar esta matéria
Notificação de
1 Comentário
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários