Oi renova mais uma vez o acordo de exclusividade com o Grupo BTG

Nova prorrogação mantém a possibilidade do banco de investimentos cobrir ofertas de outros interessados na InfraCo.

Oi renova mais uma vez o acordo de exclusividade com o BTG

Na noite desta segunda-feira, 5 de abril, a Oi (OIBR3/OIBR4) informou ao mercado que renovou mais uma vez o acordo de exclusividade com o Grupo BTG nas negociações para a venda majoritária da empresa de fibra da operadora, a InfraCo.

Inicialmente firmado no último dia 4 de fevereiro, a exclusividade foi renovada no último dia 5 de março (por mais 30 dias) e agora foi estendido mais uma vez até às 10 horas do dia 9 de abril de 2021.

Neste tipo de acordo (“stalking horse”, no jargão do mercado), o BTG tem prioridade nas negociações, inclusive a com a possibilidade de cobrir as ofertas de outros interessados no negócio.

A exclusividade foi assinada pela Globenet Cabos Submarinos S.A., BTG Pactual Economia Real Fundo de Investimento em Participações Multiestratégia e outros fundos de investimento geridos ou controlados pelo Grupo BTG.

VIU ISSO?

–> Oi Fibra chega à São Paulo no segundo trimestre

–> No Cade, TIM, Vivo e Claro defendem a venda da Oi Móvel

–> Oi conclui a venda da unidade de torres para a Highline

“O Acordo visa garantir segurança e celeridade às tratativas em curso entre as partes e permitir que os termos e condições dos documentos e anexos relativos à oferta vinculante para aquisição parcial da UPI InfraCo (a “Oferta”) possam continuar a ser negociados”, afirmou a operadora em fato relevante.

A Oi pretende vender 51% da InfraCo neste segundo trimestre e ficar com 49% do capital votante.

Rodrigo Abreu, CEO da operadora, anunciou durante a última teleconferência de resultados financeiros que a InfraCo já está em processo de segregação da Oi, inclusive contando com dois contratos com provedores regionais para atender 268 municípios.

A unidade já possui um escritório administrativo funcionando na cidade de São Paulo, contando com uma com governança independente.

A InfraCo terá uma malha de 400 mil km de fibra óptica em todo o país e um plano de atingir 32 milhões de casas passadas (Homes Passed) até 2025.

Estima-se que a nova empresa terá investimentos da ordem de R$ 20 bilhões nos próximos 4 anos.

Com informações de Relações com Investidores Oi.

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários