Modo anônimo funciona ou não? Violação pode custar R$ 28 bilhões para o Google

‘Gigante das buscas’ foi acusada de rastrear usuários, mesmo quando eles estão no modo de navegação anônima; entenda a situação.

Modo anônimo do Google
Imagem: Modo anônimo do Google

Quem utiliza abas anônimas no Google Chrome, navegador do Google, certamente está em busca de privacidade, correto? A própria empresa promete privacidade e uma navegação sem deixar ‘rastros’, mas é aí que mora o problema.

A Justiça da Califórnia, nos Estados Unidos, acusa a ‘gigante das buscas’ de violar o direito dos usuários que escolhem navegar de forma mais “secreta” pelo recurso. Ou seja, isso significa que a companhia pode não cumprir o que promete.

A ação afirma que o Google rastreia pessoas pelo modo anônimo. Uma iniciativa que não faz o menor sentido, já que a funcionalidade foi projetada justamente para evitar esse tipo de prática e oferecer mais privacidade aos usuários.

De acordo com Lucy Koh, juíza responsável, a companhia terá que pagar uma multa acima de US$ 5 bilhões, que convertidos ultrapassam R$ 28 bilhões. Será necessária também uma ação coletiva por parte da empresa.

VIU ISSO?

–> Balão da Alphabet, dona do Google, cai no Brasil

–> Nubank e Mercado Pago se unem ao Google

–> WhatsApp está testando recurso que acelera reprodução de áudio

E na prática, como é feita essa violação por parte do Google? A acusação explica que o rastreamento é feito por meio de plugins e até mesmo outros recursos. Dessa forma, a informação é colhida, em forma de comportamento, e vendida para a publicidade.

Na defesa, o marca destaca que modo anônimo não significa invisível, mas não foi o suficiente para convencer a Justiça, pois os usuários sequer eram avisados da prática.

Quem também defendeu a empresa foi o porta-voz José Castañeda. Em declaração, o profissional informou que é emitido um aviso de que as empresas conseguem coletar informações, mesmo com a pessoa em modo anônimo.

Com informações de The Verge

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários