Nubank e Mercado Pago se unem ao Google

Conheça o motivo que aproximou as ‘influentes’ fintechs daquela que é uma das maiores empresas de tecnologia do momento.

Logotipo Nubank, Mercado Pago e Google (Divulgação)
Imagem: Logotipo Nubank, Mercado Pago e Google (Divulgação)

Ver empresas de atuação relevante no mercado se unirem sempre impressiona o mercado. Dessa vez, as “moderninhas” fintechs Nubank e Mercado Pago se aliaram ao Google.

A união obviamente tem um motivo, que é fundar uma associação de pagamentos para a promoção de serviços financeiros digitais. O projeto, inclusive, ganhou o nome de Zetta.

O objetivo é juntar o “peso” de mercado que as três possuem para agregar positivamente nos debates financeiros do país.

Afinal, é um tema ainda dominado pelas instituições bancárias tradicionais, que são representadas pela Febraban (Federação Brasileira de Bancos), ABBC (Associação Brasileira de Bancos) e a ABFintechs (Associação Brasileira de Fintechs).

VIU ISSO?

–> Nubank emite alerta sobre carteiras digitais

–> Mercado Livre vai oferecer até 6 meses gratuitos de Disney+

–> Google estende acesso gratuito a ferramenta de teleconferência

As três envolvidas na iniciativa se identificam como empresas que prometem modernismo e “revolução”. Portanto, a união deu início a um entendimento de que a atuação deve ser ainda mais profunda do que apenas apresentar soluções inovadoras ao mercado.

Bruno Magrani, diretor de Relações Internacionais do Nubank, será o presidente executivo da Zetta e já anuncia que os três pilares da associação são: inovação tecnológica, competitividade e inclusão financeira.

Empresas como MovilePay, Hash e iugu, também se juntam.

Outro argumento relevante para unir as empresas em prol do objetivo foi destacado por François Martins, diretor de Relações Governamentais do Mercado Livre.

Na visão do executivo, todos os esforços realizados para promover o acesso imediato ao “Auxílio Emergencial” provam a importância dessa criação, já que as fintechs se destacam na oferta de serviços financeiros mais acessíveis para a população.

Com informações de FDR

About Anderson Guimarães
Jornalista com seis anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários