Portugal: Operadoras podem bloquear o uso do Netflix e YouTube

País europeu iniciou estado de emergência para conter avanço da Covid-19.

Na última sexta-feira, 12, o governo de Portugal publicou um decreto que prevê, entre várias medidas restritivas, a possibilidade de operadoras do país limitarem ou mesmo bloquearem o uso pela população de plataformas de streaming, como o Netflix e o YouTube.

A determinação faz parte do novo “período de estado de emergência”, iniciado à meia noite desta segunda-feira, 15 de fevereiro, e que deve se estender até 1º de março.

O objetivo é reduzir o número de contágios da Covid-19 no país.

A ideia não é nova, mas o governo pretende assegurar que as redes utilizadas pelos serviços de saúde, atendimentos de emergência, forças armadas, polícias e pelo governo português, sejam consideradas críticas.

VIU ISSO?

–> TV foi a principal ferramenta de diversão durante a pandemia

–> Google passa a limitar o uso gratuito do Meet

–> Coronavírus: tráfego de internet aumenta 40% durante quarentena

Por isso, as operadoras deverão garantir a continuidade desses serviços, mesmo que elas tenham que limitar o uso da internet para outros fins, como o entretenimento digital, por exemplo.

Além da limitação no tráfego de dados, as empresas terão que priorizar a manutenção das redes.

“As empresas que oferecem redes de comunicações públicas ou serviços de comunicações eletrônicas acessíveis ao público devem dar prioridade à resolução de avarias e perturbações nas redes e serviços de comunicações eletrônicas”, afirma o decreto.

Para alguns, a determinação governamental é um exagero, uma vez que o país não enfrentou grandes picos no uso da banda larga fixa no último ano a ponto de ameaçar a continuidade dos serviços, mesmo nos períodos mais críticos da pandemia.

Com informações de Pplware.

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
2 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários