TV foi a principal ferramenta de diversão durante a pandemia

Pesquisa realizada pela SKY aponta que o uso de Smart TVs superou o celular durante a quarentena.

A SKY acaba de anunciar os resultados de uma pesquisa no qual aponta que a TV se tornou a principal tela, superando até mesmo o celular, durante as medidas de isolamento social por conta da pandemia da Covid-19.

A pesquisa foi realizada no final de maio passado, ouvindo 9.540 assinantes pré e pós-pago da operadora de TV por assinatura via satélite, e conta com erro amostral de 1%.

Segundo os dados, 54% dos entrevistados utilizavam as Smart TVs como principal ferramenta de diversão, deixando o celular em segundo plano, com 48% da preferência.

A pesquisa também mostrou que 48% dos assinantes reuniam a família para assistir os conteúdos da TV durante a pandemia, com a maioria ficando na frente da televisão por 5 horas a mais diariamente.

VIU ISSO?

–> SKY anuncia três canais com sinal aberto em dezembro

–> SKY Play passa oferecer via streaming canais ao vivo da TV aberta

–> RecargaPay passa a oferecer serviço de recarga para a TV Paga

Quanto ao público que prefere smartphones, 27% afirmou que teve um aumento no consumo, sendo que quase metade (48%) deles afirmaram que aumentaram entre 1 a 5 horas por dia o seu uso.

Sobre os tipos de conteúdos, 70% dos que preferem Smart TVs disseram que preferem a televisão para assistir à programação jornalística e 36% afirmaram que utilizam o SKY Play, a plataforma de vídeo on demand da operadora.

Além disso, 66% afirmaram que aproveitaram a quarentena para passar mais tempo com a família.

Já 60% dos participantes afirmaram que utilizam o período para assistir mais conteúdos diversos.

Com informações de Assessoria de Imprensa SKY.

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários