Dona da Claro anuncia criação de nova empresa de infraestrutura

COMPARTILHAR:

Companhia pretende segregar ativos de torres de telecomunicações existentes na América Latina, inclusive no Brasil.

Nesta terça-feira, 9 de fevereiro, a América Móvil (controladora da Claro no Brasil) anunciou que pretende fazer uma reestruturação da empresa, promovendo a cisão das torres de telecomunicações e demais infraestruturas passivas da companhia.

A medida afeta toda a infraestrutura existente nos países da América Latina que a América Móvil opera, inclusive no Brasil.

De acordo com a companhia, essa nova entidade será independente, com administração e pessoal próprios.

O foco dessa nova empresa será o desenvolvimento, construção e compartilhamento de torres de telecomunicações.

VIU ISSO?

–> Claro registra receita de R$ 39,5 bilhões em 2020

–> Dona da Claro pode ter negócio bilionário barrado nos EUA

–> Com Covid-19, magnata Carlos Slim é internado no México

A América Móvil afirma que o plano foi aprovado pelo Conselho de Administração e que pretende implementar a reorganização da empresa ao longo de 2021.

Entretanto, a execução do plano ainda dependerá do cumprimento de requisitos de legislações locais de cada país, incluindo a aprovação pelas assembleias de acionistas da América Móvil.

Com informações de Assessoria de Imprensa América Móvil.

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários