InícioDefesa do ConsumidorCliente será indenizado por conta de grosseria de atendente da Vivo

Cliente será indenizado por conta de grosseria de atendente da Vivo

‘Fato não pode ser considerado corriqueiro’, afirmou o relator do caso na Justiça.

A 34ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo acaba de condenar a Vivo a indenizar um cliente por ter sido desrespeitado por uma atendente da operadora.

De acordo com o consumidor, ao entrar em contato com a empresa para solicitar uma segunda via da fatura, a atendente o deixou 15 minutos esperando na linha e depois disse que a conta não poderia ser enviada e que, se pudesse, já teria sido enviada anteriormente.


Em seguida, ela desligou o telefone com o cliente ainda em linha. Logo depois, a funcionária da Vivo ligou novamente para o consumidor e o tratou de forma “ríspida” e “debochada”.

A ligação foi inteiramente gravada.

VIU ISSO?

–> Operadoras são culpadas por clonagem de WhatsApp?

–> Vivo é condenada pela Justiça por não cumprir contrato

–> Falha da Vivo pode ter gerado R$ 5 milhões de prejuízo

Segundo o desembargador Luiz Guilherme da Costa Wagner Junior, o fato não pode ser considerado corriqueiro ou mero aborrecimento cotidiano.

“Por ato corriqueiro, aliás, deveríamos ter o bom atendimento ao cliente para que ele mantenha o contrato com a empresa, sob pena de total inversão de valores. Indaga-se, se um cliente que busca a empresa solicitando a segunda via de fatura para efetuar o pagamento é tratado dessa forma, qual o tratamento dispendido aos que estão inadimplentes e buscam tentar negociar o débito? O bom atendimento é reservado apenas para angariar novos clientes?”, disse Junior.

O desembargador entendeu que houve falha na prestação do serviço, demonstrando que Vivo pecou no treinamento das equipes.

Ele ressaltou a importância do bom atendimento ao consumidor, uma vez que sem ele a empresa não teria faturamento.

O valor da indenização por danos morais é de R$ 5 mil.

Com informações de TJSP.

Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 9 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.

1 COMENTÁRIO

Acompanhar esta matéria
Notificação de
1 Comentário
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários