Entidade dos EUA pede o fim das restrições à Huawei

Associação de empresas que aproveitar revogações de medidas de Trump por Biden para rever a questão comercial com a China.

A Associação de Empresas de Semicondutores dos Estados Unidos (SEMI) acaba de encaminhar uma carta para a Casa Branca com o objetivo de pedir ao presidente Joe Biden que derrube ou revise as restrições impostas contra empresas chinesas.

O banimento da Huawei, Xiaomi e outras companhias marcaram o governo de Donald Trump, alegando que as mesmas tinham laços com militares e que promoviam espionagem industrial a serviço do governo da China.

Entretanto, impedidas de fazer negócios com as chinesas, as empresas americanas também estão sendo afetadas pela medida, perdendo não apenas clientes, mas também participação global.

No longo prazo, as companhias dos EUA temem perder competitividade, uma vez que a China tem investido para desenvolver a sua própria indústria de semicondutores.

VIU ISSO?

–> Trump ainda mantém ofensiva contra a Huawei

–> CEO da Ericsson está pressionando a Suécia para não banir a Huawei

–> Huawei já conquistou 60% do mercado europeu de 5G

Desde que assumiu o posto de novo presidente dos Estados Unidos, Biden revogou várias medidas do governo antecessor. 

Entretanto, ainda não está claro como será a postura do presidente democrata frente às acusações de Trump quanto à espionagem do governo chinês.

Por sua vez, a SEMI pede urgência à Casa Branca na análise do assunto.

“As sanções prejudicam apenas as companhias dos EUA e podem limitar a inovação no país. Isso porque muitas fabricantes já começam a transferir seus setores de pesquisa e desenvolvimento para outros países”, afirmou Ajit Manocha, CEO da entidade.

Com informações de TudoCelular.

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 9 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
1 Comentário
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários