24/05/2024

TIM vai levar 4G para mais de 20 mil hectares de produtora de soja do Piauí

Operadora firmou parceria com o Grupo Canel e vai habilitar a transformação digital da Fazenda Canel, no município de Uruçuí.

A TIM foi a empresa de telecomunicações escolhida pelo Grupo Canel, produtor do Piauí especializado em soja, algodão e milho, para habilitar a transformação digital da Fazenda Canel, no município de Uruçuí. A parceria, que foi iniciada em 2022, prevê a instalação de rede 4G em 100% da unidade, com área total de mais de 20 mil hectares, conectando maquinários, sensores e pluviômetros da propriedade rural.

O acordo é um movimento da frente TIM IoT Solutions, recém-criada criada pela operadora, e que busca oferecer para os clientes da tele soluções que vão além da conectividade. Inclusive, seguindo a mesma estratégia, a TIM também anunciou na última segunda-feira (29.04) uma parceria com a TrapView para juntas lançarem uma armadilha conectada com NB-IoT.

Alexandre Dal Forno, diretor de Desenvolvimento de Mercado IoT & 5G da TIM, conta que o objetivo da operadora é se tornar “o principal parceiro tecnológico dos produtores”.”E é gratificante sermos escolhidos para ampliar o trabalho que hoje temos com o Grupo Canel, o que aponta que o investimento em tecnologia gera resultados“, afirma.

Caio Bertolozzo, sócio administrador do Grupo Canel, explica a escolha da TIM para a transformação digital da Fazenda Canel. “Escolhemos a TIM, dessa vez, para digitalizar toda área da fazenda pela sua expertise e referência no agronegócio. Acreditamos que a ampliação da parceria vai nos proporcionar um grande incremento na nossa produtividade com menos custo e de forma sustentável, contribuindo ainda mais para o desenvolvimento da região onde atuamos‘.

Atualmente, a TIM conta com sua cobertura 4G em uma extensão de 17 milhões de hectares, fornecendo soluções de ponta a ponta para mais de 40 empresas do campo. Com seu serviço, a operadora impacta a vida de mais de 1,5 milhão de pessoas por meio do projeto 4G TIM no Campo, chegando a 15 estados diferentes.

A operadora também vai construir 98 torres 4G para levar acesso à Internet para 11 usinas da BP Bunge Bioenergia, uma das maiores processadoras de cana-de-açúcar do País. O projeto de conectividade deve impactar positivamente 105 mil pessoas que vivem espalhadas por 46 municípios próximos às propriedades do grupo do agronegócio, incluindo 65 escolas, sendo que 53 delas são públicas.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários