Início5GOi escolhe cidade para ativar rede 5G; conheça

Oi escolhe cidade para ativar rede 5G; conheça

Uma faixa exclusiva será dedicada para a conexão; estratégia da Oi difere das concorrentes Claro, TIM e Vivo.

Reprodução YouTube (Comercial da Oi)
Imagem: Reprodução YouTube (Comercial da Oi)

Mesmo em processo de venda da unidade móvel, a Oi também fará sua demonstração da tecnologia 5G DSS. A cidade escolhida para receber a nova conexão móvel da operadora foi Brasília.

A ativação foi feita nesta quarta-feira, 7 de outubro e abrange 80% da capital. A rede possui 460 km² de extensão e as taxas de velocidade na transmissão de dados podem chegar a 500 Mbps.


Ao contrário das concorrentes, a Oi dedicou uma única frequência para o 5G, que utiliza parte do espectro ocioso do 3G. A velocidade é até cinco vezes maior do que o prometido no 4.5G, que é 100 Mbps.

Clientes da operadora com qualquer plano e um smartphone compatível com 5G na frequência de 2.100 MHz já podem aproveitar a novidade.

Bairros com cobertura:

Plano Piloto (na Asa Sul), Asa Norte, Lago Sul, Lago Norte (incluindo a praça dos Três Poderes e Esplanada dos Ministérios), Cruzeiro, Sudoeste, Gama, Planaltina, Guará, Núcleo Bandeirante, Taguatinga, Recanto das Emas, Samambaia, Ceilândia, Sobradinho, São Sebastião, Riacho Fundo e Santa Maria

Bernardo Winik, vice-presidente de Clientes da Oi, garante que a dedicação da frequência de 10 MHz do 3G não deixará a terceira geração da conectividade descoberta. O executivo explica que ela estava ociosa, já que os acessos diminuíram desde o 4G.

VIU ISSO?

–> Venda da Oi Móvel já está fechada, diz Rodrigo Abreu

–> Oi terá modelo de negócio semelhante à Amazon

–> Ministério Público quer fim da recuperação da Oi em 12 meses

Clientes da operadora terão acesso sem a necessidade de trocar o chip. A empresa destaca que, por ser uma faixa dedicada, a experiência para o usuário é ainda melhor do que o esperado.

A nova investida da Oi pega o mercado de surpresa, já que a unidade móvel da operadora deve ser a primeira parte vendida no novo plano de aditamento da recuperação judicial.

Inclusive, o processo todo foi homologado pela Justiça nos últimos dias. Saiba mais pela matéria abaixo:

Com informações de Correio Braziliense

Anderson Guimarães
Jornalista com seis anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop. E-mail: [email protected]

4 COMENTÁRIOS

Acompanhar esta matéria
Notificação de
4 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários