InícioTelefonia CelularClaro deve ser obrigada a desenvolver 4G no Norte e Nordeste

Claro deve ser obrigada a desenvolver 4G no Norte e Nordeste

Regiões sem a conectividade de quarta geração da operadora podem ser beneficiadas para converter multas da Anatel.

Reprodução YouTube (Comercial da Claro)
Imagem: Reprodução YouTube (Comercial da Claro)

Assim como as outras operadoras, a Claro também terá a oportunidade de converter suas multas com a Anatel em desenvolvimento de infraestrutura.

Ao todo, são R$ 31,809 milhões devidos. A proposta de conversão vem diretamente da Superintendência de Controle de Obrigações (SCO) e foi aceita pela agência.


A Claro entrou com um recurso contra a decisão, mas ele foi negado por Leonardo Euler de Morais, presidente da Anatel.

O valor poderá ser destinado para a implantação de rede 4G em regiões do Norte e Nordeste, caso a operadora faça essa escolha.

A Claro poderá apenas pagar a multa ou escolher as localidades que vai beneficiar com investimentos em uma lista com 200 opções, de acordo com o Teletime.

Obviamente, a empresa terá uma quantidade mínima de regiões para escolher, conforme estabelece a multa.

VIU ISSO?

–> Decisão da Anatel pode transformar streaming e TV paga

–> Deputado do PT quer sustar decisão da Anatel sobre canais lineares

–> Problema com a operadora? Veja como reclamar na Anatel

Recentemente, operadoras como Claro, TIM e Vivo também tiveram multas convertidas em desenvolvimento de infraestrutura.

As três foram obrigadas a instalar e fazer a manutenção da fibra óptica em algumas regiões. Relembre detalhes na matéria abaixo:

Com informações de Teletime

Anderson Guimarães
Jornalista com seis anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop. E-mail: [email protected]

4 COMENTÁRIOS

Acompanhar esta matéria
Notificação de
4 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários