Com vantagem, TIM pode ficar com 50% da Oi Móvel

Operadora pode levar vantagem na negociação para evitar que as concorrentes Claro e Vivo fiquem com alta concentração de mercado.

Imagem: Ilustração Vivo, TIM, Claro e Oi
Imagem: Ilustração Vivo, TIM, Claro e Oi

O processo de venda da unidade móvel da Oi é até mais surpreendente do que todos imaginavam, já que ninguém esperava que a Claro fosse se unir com TIM e Telefônica (Vivo) para a realização das propostas.

No entanto, de acordo com o Bradesco BBI, a operadora da Telecom Itália segue com vantagem na negociação pelos ativos da tele carioca.


Tudo por causa da alta concentração de espectros nas mãos da concorrência. Na divisão das 93 frequências da Oi, a TIM ficaria com 46 e um total de 163,5, ou seja, 31% de todo o espectro presente no país.

Telefônica (Vivo) e Claro empatariam com 35% do total, cada uma. Seria a divisão mais justa para o bem da concorrência no país e fim de qualquer tipo de concentração.

A outra análise do cenário vem do Credit Suisse, que prevê a TIM com 54% da Oi Móvel, caso a proposta conjunta das teles seja aceita, com base nesse mesmo cálculo de espectros.

Quem pode realmente melar todo esse esquema das “gigantes nacionais” é a regional Algar Telecom.

VIU ISSO?

–> Ações da Oi, Vivo e TIM disparam na Bolsa de Valores

–> Algar Telecom envia proposta pela Oi Móvel; ações da tele reagem
 
–> Oi recebe nova oferta: R$ 1,07 bilhão pelas torres

Afinal, há quem acredite que a proposta feita por TIM, Claro e Telefônica (Vivo) não contemple o valor de R$ 15 bilhões que a Oi pede, de acordo com o BTG Pactual.

Entretanto, o Jornal O Globo afirma que a proposta das três é de R$ 18 bilhões.

Se a primeira alternativa for a correta, a Algar Telecom segue com chances nesse processo, caso tenha oferecido o valor pedido ou uma quantia acima dele.

Com informações de Estadão e O Globo

A SKY tem o plano ideal para a sua TV! Aproveite já com 50% de desconto no primeiro mês. Ligue 0800 123 2040.

COMPARTILHAR EM:

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
5 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários
Mvinicius

TIM, Claro e Vivo se unindo pra comprar Oi Movel. Realmente elas querem ter toda a telefónia móvel do país nas mãos. Não existe de forma alguma divisão justa com elas comprando à Oi Móvel, porque não será justo conosco que usamos o serviço. Elas querem ditar as regras e preços de mercado, porisso estão se unindo pra comprar a Oi e fatiar entre elas, não deixando espaço pra um novo player. Como a Anatel e nada é a mesma coisa, elas vão deitar e rolar caso essa compra seja concretizada. Não podemos esquecer o que o CEO da TIM… Leia mais »

Cidade - UF
Salvador BA
Marcelo Ribeiro

Exato. A tríade apenas quer lucrar alinhando preços como um cartel. Quarenta reais por mês em média nas três. Não é coincidência. É alinhamento de preços.

Cidade - UF
Novo Hamburgo RS
Thaillen Rodrigues

Cada empresa domina uma parte do país, e todas cortam e dão benefícios juntas. Não há concorrência nenhuma. Há algum tempo, todas cortaram a velocidade reduzida, depois, todas ofereceram Whatsapp e Facebook gratuito.

Cidade - UF
Sud Menucci/SP
Leonardo Ibiapina

Mesmo fenômeno de concentração ocorre na aviação civil Brasileira e vão usar a mesma brecha na Fusão que, na verdade é uma compra, Latam e Azul, onde a Azul tem mais cacife no momento. e aí ficaremos só com duas grandes companhias aéreas e aumentará os preços!

Cidade - UF
Gama -DF
Marcelo Ribeiro

Caso a Oi seja comprada pelas 3, jogo meu sim card fora e passo a utilizar número americano virtual.

Cidade - UF
Novo Hamburgo RS