WhatsApp está expondo na internet celulares de seus usuários

Números telefônicos podem ser encontrados facilmente no Google, diz pesquisador.

Um recurso conhecido como “Click to Chat” está expondo na internet o número de telefones de usuários do WhatsApp. É o que alerta Athul Jayaram, um pesquisador indiano de segurança cibernética que procura por vulnerabilidades em grandes sites.

Ele descobriu que os números de telefone têm sido indexados publicamente na pesquisa orgânica do Google, o que ele diz ser um bug de segurança, um grande “problema de privacidade” para os usuários do aplicativo.


O Click to Chat permite que sites ofereçam uma maneira fácil e rápida de iniciar uma conversa no WhatsApp. O recurso permite que o visitante escaneie um código QR ou clique em um link para iniciar o bate-papo, sem precisar digitar o número.

Como a URL do chat rápido contém o número do usuário, ela pode aparecer nos resultados da pesquisa do Google, porque os mecanismos de pesquisa indexam os metadados do Click to Chat.

Com isso, o número da pessoa fica disponível na internet para ser utilizado em golpes, campanhas publicitárias e spam.

O pesquisador revela que apenas os números do telefone ficam expostas. A identidade dos usuários não é disponibilizada publicamente. No entanto, ele disse que foi capaz de ver as fotos do perfil de usuários, apenas clicando nos números de telefone que aparecem na pesquisa do Google.

VIU ISSO?

–> Projeto de lei quer proibir operadoras de vender dados de usuários

–> Números da Claro, Vivo e TIM são atribuídos à família Bolsonaro

–> Justiça brasileira condena Facebook a pagar R$ 16 mil

O WhatsApp, propriedade do Facebook, parece não ver um problema nesse vazamento de números de telefone. A companhia acredita que o recurso é uma ferramenta vantajosa para muitas pessoas.

“Nosso recurso Click to Chat permite que os usuários criem uma URL com seu número de telefone para que qualquer pessoa possa enviá-la facilmente, é amplamente utilizado por pequenas e microempresas de todo o mundo para se conectar com seus clientes”, disse um porta-voz do WhatsApp.

Em maio, Athul recomendou que o WhatsApp criptografasse os números de celular dos usuários e adicione um arquivo robots.txt para impedir que os robôs rastreiem seu domínio. Entretanto, até o momento a empresa não fez isso.

Por enquanto, a privacidade dos usuários do recurso pode estar em risco.

Com informações de TreatPost.

A SKY tem o plano ideal para a sua TV! Aproveite já com 50% de desconto no primeiro mês. Ligue 0800 123 2040.

COMPARTILHAR EM:

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
4 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários

Com tantas opções de mensageiros e o povo não larga o EntulhoZap

Cidade - UF
Montes Claros - MG
Edvard Feitöösa Guina Desu

Em parte concordo, mas é bom relevar que é um app que não consome a franquia na maioria dos planos, detém dezenas de milhões de usuários BR e é amplamente utilizado em estabelecimentos. O zapzap está longe de perder o “reinado”.

Cidade - UF
Balsas - MA
Christopher

Não consome por que ele é mais usado e as operadoras dão acesso a ele gratuitamente. Mas até o telegram esta ficando sem consumir, por exemplo na TIM.

Cidade - UF
Goias
Vinícius Guerra

O Telegram é melhor que o WhatsApp, mais seguro, melhor construído, mas infelizmente, as pessoas só conhecem o WhatsApp, além dele cair no gosto popular, até as operadoras o ofertam gratuitamente em seus planos.

Acho difícil o Telegram ultrapassar o WhatsApp ou qualquer outro aplicativo tirar a sua supremacia, mas quem prefere segurança, uma rede mais otimizada, pode usar o Telegram, que raramente apresenta falhas.

O WhatsApp, está com uma rede bem congestionada, por isso acontecem falhas recorrentes.

Cidade - UF
Rio de Janeiro