Números da Claro, Vivo e TIM são atribuídos à família Bolsonaro

Aparentemente, vazaram uma série de informações sobre o presidente, seus filhos e aliados do governo; saiba mais detalhes.

Eduardo Bolsonaro - Wikimedia Commons
Imagem: Wikimedia Commons

A noite da última segunda-feira certamente foi agitada nas redes sociais, mais precisamente no Twitter. Hackers (grupo Anonymous Brasil) vazaram uma série de dados pessoais da família Bolsonaro e outros aliados ao governo federal.

Informações como números de telefone e cartão de crédito foram reveladas. Em publicação, o perfil pedia para que todos fizessem uma ligação e pedissem por respostas sobre o assassinato da vereadora carioca Marielle Franco.


A exposição, obviamente, foi inspirada pelo ressurgimento do grupo Anonymous nos Estados Unidos, que também fez severas revelações a respeito do atual presidente do país, Donald Trump.

Sobre Jair Bolsonaro, o atual líder da República teve dois números supostamente atribuídos ao seu uso pessoal. Um com o DDD do Rio de Janeiro e outro de Brasília.

O número carioca remete a operadora TIM, famosa por uma ampla cobertura na cidade. Já na capital do Brasil, Bolsonaro supostamente utilizava um número da Claro. Seu filho, o deputado Eduardo, seria cliente da Vivo.

Entretanto, vale lembrar que não há qualquer confirmação ou posicionamento que comprovam a veracidade das divulgações.

VIU ISSO?

–> Bolsonaro ameaça não renovar a concessão da Globo

–> Dono da Claro é envolvido em boato sobre Bolsonaro e Globo

–> Entenda a influência da família Bolsonaro no futuro da AT&T e SKY

Outros aliados ao governo também foram expostos. São eles: Abraham Weintraub, ministro da Educação, Damares Alves, ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Douglas Garcia, deputado estadual, além de Carlos e Flávio Bolsonaro, também filhos do atual presidente.

Vale lembrar que a divulgação é crime, de acordo com a Constituição Federal.

A SKY tem o plano ideal para a sua TV! Aproveite já com 50% de desconto no primeiro mês. Ligue 0800 123 2040.

COMPARTILHAR EM:

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
5 Comentários
mais votado
mais novo mais antigo
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários
Raimundo Roque de Oliveira

não importa quem seja se deve tem que ser investigado…. se tivessem feito isso com os governos anteriores teríamos impedido muita corrupção

Cidade - UF
Jandira SP
Tauan Fontoura

São apenas bandidos.
Nada além disso.
Usando o anonimato para divulgar dados de pessoas honestas.
Cadeia nesses bandidos.
Brasil acima de tudo, deus acima de todos.

Cidade - UF
Porto Velho RO
Jailson Mendes Demacol Guina

Politicos são partes de uma gangue, imposto é roubo e estado é uma quadrilha.

Largue essa gadisse….

Cidade - UF
Pau Grande - RJ
Tailor Durante

Quem vc tá chamando de honesto?

Cidade - UF
Cascavel pr
Felipe

“pessoas honestas” ai vc acordou.

Cidade - UF
Goiania - GO