Algar Telecom está na disputa pela Oi Móvel

Interesse da operadora mineira fez com que a Oi tivesse uma valorização de 5,22% nas ações; entenda.

Divulgação Algar Telecom
Imagem: Divulgação Algar Telecom

A Algar Telecom parece ter encontrado uma grande oportunidade para expandir sua atuação no país: a compra da Oi Móvel (OIBR3 / OIBR4). Segundo o jornal O Globo, a operadora é uma das empresas de telefonia que disputam os ativos de telefonia móvel da tele carioca.

Para compra, a maneira Algar Telecom está com junto com o fundo soberano Cingapura GIC, que tem 25% do capital social e votante da prestadora.


Atualmente, a atuação da tele se restringe a 359 cidades, 16 estados e Distrito Federal, portanto, ambas partes no comando da companhia sabem que, se querem sobreviver no Brasil, precisam crescer para ganhar escala.

A novidade parece interessante até mesmo para quem torcia pela entrada ou crescimento de um novo player no Brasil.

Até então, as mais cotadas para a compra eram TIM e Telefônica (Vivo), que formaram um consórcio, mas nem todos os usuários querem ou gostariam de ver ambas operadoras crescerem ainda mais no país.

Portanto, a informação de que a Algar está na disputa pelos ativos da marca pode ser até animadora para os brasileiros que torcem pelo crescimento de um player regional.

VIU ISSO?

–> Algar Telecom lança nova solução de segurança digital

–> Algar Telecom oferta pacotes de voz ilimitados para o mercado B2B

–> Algar Telecom anuncia sua chegada em Recife

A operação deve movimentar cerca de R$ 15 bilhões para os cofres da Oi e deve ganhar força a partir de julho.

As informações garantem que o fundo de Cingapura já estaria com os recursos para fazer o investimento.

Com informações de O Globo

COMPARTILHAR EM:

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
11 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários
Felip

Ótima opção, gostei.

Cidade - UF
Sp
FrankHB

Uma ótima noticia para os clientes OI e a telefonia móvel em geral no Brasil. Temos que desejar sorte para a Algar, além de ter que derrotar as outras financeiramente, se ganhar ela estará batendo de frente com duas empresas que jogam pesado, e não poupam esforços para ferrar seus clientes e concorrentes, a Algar já pode esperar uma enxurrada de questionamentos por parte das duas concorrentes, na Anatel, Cade, CVM, STF, para ficar apenas nas siglas mais conhecidas.

Cidade - UF
São Paulo - SP
Rodrigo Santos

Com certeza. Vão tentar embarreirar essa compra a qualquer custo, mas não vão ser só as duas. A Claro também. E como há muito interesse nessa fatia do mercado, podemos esperar desse caso ir parar no STF.

Cidade - UF
Rio de Janeiro - RJ
Trovão

Torço pra que a Claro, Tim, ou Vivo, não fiquem com a operação móvel da oi, pois teríamos praticamente 2 empresas no mercado nacional. Com o compartilhamento de rede entre Tim e Vivo, com certeza as antenas sobrepostas serão desativadas e se elas comprarem a oi mais antenas serão desativadas, com isso, em teoria teríamos apenas a rede da Claro e a rede compartilhada entre Tim e Vivo. Caso a Claro fique com a oi aconteceria a mesma coisa, a claro absorveria a rede da oi e teríamos apenas a rede da Claro e a compartilhada entre a Tim e… Leia mais »

Cidade - UF
São Paulo
Rodrigo Santos

Uma boa notícia. De todos os interessados até agora ainda continuo vendo como melhor opção a entrada da AT&T. Depois a segunda opção seria o crescimento da Algar, que ainda pode expandir mais no leilão do 5G. A terceira melhor opção seria a compra por uma empresa do governo chinês e a última opção seria a compra pela Tim e Vivo. Sendo essas duas últimas opções bem controversas.

Cidade - UF
Rio de Janeiro - RJ
gustavosilva

A AT&T não entra em mais nenhum outro mercado no curto e médio prazo, pois eles estão traumatizados com a operação no México. Além de já ter uma surpreendente dívida de quase 200 bilhões de dólares.

Cidade - UF
Maceió
Última edição 1 mês atrás de gustavosilva
Rodrigo Santos

Nossa! Será que eles não tem mais interesse? Bem, é que levei em consideração as intenções concretas que vimos até agora. É uma pena. Acho que quanto mais interessados melhor. Vamos acompanhar então.

Cidade - UF
Rio de Janeiro - RJ
felipi

Eu sinceramente não entendo como alguém ( ou empresa) pode se orgulhar de querer comprar uma oi falida com dívida de não sei quantos bilhões de reais. Estou em SP e nem 4G decente a oi tem, fico imaginando em interior então. Sou cliente da vivo tb, pois a oi me dá bônus de 40 mil reais e no entanto passo o dia fora no trabalho e não posso usar, adivinha pq? Sinal da oi só pega em minha residência. Acho que não preciso dizer mais nada, né?

Cidade - UF
São Paulo
Rodrigo Santos

A Oi tem uma cobertura importante no nordeste. Tem cidades que só tem ela. Ela tem uma base de usuários muito grande. Para uma empresa investir do zero em infraestrutura é bem mais caro e demorado que comprar uma empresa que já tem as faixas, antenas com licenciamento e uma base de clientes. Creio que muitos dos problemas que a Oi tem hoje se resolveria melhorando a cobertura e a estabilidade do sinal. Hoje ela está sem grana para fazer isso tanto é que quase não tem o 4,5G nem entrou no leilão da frequência dos 700mhz. Deve ter outros… Leia mais »

Cidade - UF
Rio de Janeiro - RJ
Fernando Lage

Seria muito interessante que a Algar Telecom comprasse a divisão móvel da Oi, mas é improvável que isso aconteça. Primeiramente porque a estratégia da empresa é oferecer serviços para empresas, com exceção da área de concessão (parte de MG, parte de SP, parte de GO e uma cidade do MS). Neste sentido, o interesse deles é na rede de fibra ótica da Oi (fonte: Telesíntese), o que estaria em linha com a recente expansão da empresa e recentes aquisições. Em segundo lugar, a Algar não tem caixa para uma aquisição de mais 15 bilhões de reais, que é superior até… Leia mais »

Cidade - UF
Belo Horizonte - MG
Rogerio Pires

Concordo plenamente. Se formos analisar a estratégia da empresa de uns anos para cá, vê-se claramente que ela está focando no atendimento B2B e expandindo como pode sua rede de fibra óptica, principalmente em direção ao Nordeste. Aqui em Uberlândia, onde está a sede, estão se desfazendo do serviço de Tv por assinatura, os clientes estão sendo migrados para a SKY; se não quiser, simplesmente terão o serviço cancelado. O foco é internet via fibra óptica, celular e fixo. A qualidade da rede celular não está lá estas coisas porque estão sendo muito agressivos nos combos (Fibra + Celular) e… Leia mais »

Cidade - UF
Uberlândia - MG
Última edição 1 mês atrás de Rogerio Pires