Qual operadora está mais instável na quarentena?

Clientes da Claro enfrentaram quase quatro horas de instabilidades na última segunda-feira, 04.

Ilustração
Imagem: PxHere

Já ficou claro que a internet brasileira passa por uma grande sobrecarga durante o isolamento social preventivo ao novo coronavírus. Afinal, todas as atividades estão concentradas na web: informação, comunicação, entretenimento, trabalho, educação e lazer.

De olho na questão, todas adotaram medidas e pediram até mesmo que os serviços de streaming reduzissem suas qualidades de transmissão. Alguns caíram do 4K para 720p e outros apenas deixaram no 1080p, full HD.

Entretanto, inevitavelmente, as prestadoras enfrentam instabilidades. A Claro net, por exemplo, passou por quase quatro horas de instabilidades na última segunda-feira, 04 de abril. A empresa reconheceu, mas comunicou apenas que o serviço de banda larga foi reestabelecido.

Curiosamente, de acordo com o Downdetector, as marcas mais afetadas são as que possuem as maiores fatias de mercado: Claro e Vivo. Portanto, há o fator proporcionalidade nos dados levantados.

Na página da Vivo, são 22 instabilidades registradas desde que foi decretada a quarentena no Brasil. Em quase todas, a internet aparece como o principal problema dos clientes que se manifestaram.

Já a Claro conta com seis registros desde o início do isolamento social, mas a página da NET, marca absorvida pela operadora, conta com mais de 30 dias de falhas desde que o país adotou as medidas preventivas contra a COVID-19.

VIU ISSO?

–> Vivo fica fora do ar nas últimas horas

–> Clientes Claro flex ganham acesso ao NOW

–> Venda da Oi Móvel já pode ter sido concretizada

Vale destacar que a Claro net obtém a vice-liderança do mercado de banda-larga fixa, seguida pela Vivo.

Para fins comparativos, a TIM teve um total de 13 instabilidades contabilizadas pelo Downdetector e a Oi ainda não tem registros de falhas no site de mapeamento.

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
7 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários