Canal de séries ganha sinal aberto na Claro net tv

Clientes terão a oportunidade de acompanhar a estreia de uma nova produção; saiba mais detalhes.

Divulgação da série Lincoln Rhyme no AXN
Imagem: Divulgação da série Lincoln Rhyme no AXN

Após o anunciar o fim do período de sinal aberto, ação feita para colaborar com o isolamento social preventivo ao novo coronavírus, a Claro net anuncia a abertura do canal AXN, que pode ser acessado pelos números 635 (HD) e 135 (Digital).

Trata-se de uma iniciativa para promover a estreia da série “Lincoln Rhyme”, lançada em janeiro de 2020 nos Estados Unidos.

A trama é inspirada no livro “O Colecionador de Ossos”, que também já ganhou um filme estrelado pelos atores Angelina Jolie e Denzel Washington.

Na TV, Arielle Kebbel e Russell Hornsby assumem os personagens principais. Serão 10 episódio exibidos durante a primeira temporada do show.

O sinal aberto da Claro net tem início no dia 18 de maio, segunda-feira, data de estreia da série (às 22h) e fica até o dia 25, para completar o período de uma semana.

Além de conferir a estreia, todos os clientes da prestadora poderão conferir também atrações como “Hawaii Five-0”, “NCIS”, “NCIS: Los Angeles”, “NCIS: New Orleans”, “Criminal Minds”, “CSI”, “CSI: NY”, “The Blacklist” e outras.

VIU ISSO?

–> Claro net oferece internet em dobro

–> Aparência da NET começa a sumir no menu da Claro TV

–> Claro net tv adiciona nova emissora na grade

Há ainda as séries brasileiras “Sem Rastro” e “Em Nome da Justiça”.

Além do AXN, a Claro net anunciou manterá a abertura de outros canais como o Discovery Kids, Cartoon Network, Nickelodeon, Disney Channel, CNN Brasil, CNN Internacional, Globo News e outros.

Saiba mais:

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
4 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários