InícioTelefonia CelularEntrega dos novos serviços do TIM Beta está atrasada

Entrega dos novos serviços do TIM Beta está atrasada

Novidades prometidas para o dia 20 de março ainda não foram disponibilizadas para os assinantes.

Ilustração - Pessoa confusa
Imagem ilsutrativa: NeedPix

No dia 21 de fevereiro de 2020, a TIM trouxe um “alívio” para os insatisfeitos com o reajuste do TIM Beta, que passou de R$ 55 para R$ 60. A operadora anunciou a inclusão de novos benefícios no plano.

Saiu o TIM Protect Backup e foi divulgado que o pacote passaria a ter WhatsApp sem desconto da franquia, assim como assinaturas dos serviços Babbel e e-book by Skeelo, a partir do dia 20 de março.

O primeiro é um curso de idiomas online, que pode ser realizado inclusive via aplicativo no smartphone.

Já o segundo disponibiliza uma gama de e-books para leitura digital, com obras recordistas de venda inclusas no acervo. Nos moldes do que é oferecido pelo Amazon Kindle.


A questão é que os serviços ainda não foram entregues para os usuários. Ao fazer o download de ambos aplicativos, não há qualquer opção para login com número da TIM. Nem mesmo um informe foi colocado no aplicativo TIM Beta.

VIU ISSO?

–> Cai o interesse pelo TIM Beta nos últimos 12 meses

–> Aumenta o valor da mensalidade do TIM Beta

–> TIM Beta ganha WhatsApp ilimitado e outras novidades

Para apurar a questão, o Minha Operadora entrou em contato com a assessoria da empresa no dia 01 de abril e ainda aguarda por uma resposta.

Publicação do Twitter no dia do anúncio

O reajuste do plano foi anunciado no dia 27 de janeiro e aplicado um mês depois. Após uma onda de insatisfações, a prestadora comunicou apenas que o custo anterior era promocional.

A falta de atualização da oferta sempre foi um ponto que desagradou consumidores. Apesar da quantidade generosa de dados móveis, a empresa sequer considerou incluir ligações ilimitadas ou redes sociais gratuitas nos últimos meses.

Uma luz no fim do túnel surgiu justamente com o anúncio do WhatsApp ilimitado e as novas assinaturas que seriam disponibilizadas. Se a TIM enviar seu posicionamento a respeito do atraso que já acumula 15 dias, a publicação será atualizada.

Anderson Guimarães
Jornalista com seis anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop. E-mail: [email protected]

13 COMENTÁRIOS

Acompanhar esta matéria
Notificação de
13 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários