COVID-19: Claro vai arrecadar recursos para moradores de favelas

Operadora vai apoiar o projeto “Mães da Favela”, que tem o objetivo de amenizar os impactos da pandemia.

Divulgação do projeto "Mães da Favela"
Imagem: Divulgação do projeto “Mães da Favela”

Uma união entre Claro, CUFA (Central Única das Favelas) e Instituto Claro promete uma atenção especial para a população que está mais vulnerável graças aos efeitos da pandemia do novo coronavírus.

A ideia é que as três entidades arrecadem recursos financeiros para o projeto “Mães da Favela”. Por ele, mulheres afetadas pela pandemia poderão obter uma ajuda financeira de R$ 120 para comprar comida ou qualquer outro item necessário para a sobrevivência.


É uma iniciativa que atua no Brasil inteiro, em diversas localidades que foram severamente afetadas pela COVID-19.

VIU ISSO?

–> Canais de filmes e séries ganham sinal aberto na TV por assinatura

–> Claro cancela pacote desatualizado sem notificar consumidor

–> Claro amplia ações para contribuir com prevenção ao coronavírus

“Se depender da gente, não vai faltar comida. Não vai faltar material de higiene. Não vai faltar remédio. Não vai faltar renda… muito menos esperança!”, destacou a operadora em comunicado do site oficial.

Até o momento, colaboradores, clientes e parceiros da empresa já doaram um total de R$ 190.692,00. Um valor que garante 1.589 vales para as mães contempladas no programa social.

Já o total de doações coletadas pela iniciativa chega em R$ 4.571.177,91, ou seja, mais de 38 mil vales serão distribuídos pelo Brasil afora. Para fazer uma doação, basta acessar o site do projeto.

A SKY tem o plano ideal para a sua TV! Aproveite já com 50% de desconto no primeiro mês. Ligue 0800 123 2040.

COMPARTILHAR EM:

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários