WhatsApp libera modo escuro no iOS e Android

Recurso diminui o cansaço visual e poupa bateria do aparelho. Internet recebeu a notícia com uma chuva de memes.

O modo escuro finalmente chegou ao WhatsApp! A partir desta terça-feira, 3, ele disponível para todos os usuários que utilizam em seus aparelhos o sistema operacional Android, do Google, e iOS, da Apple.

O novo recurso ajuda a reduzir o cansaço visual em ambientes escuros e também a reduzir o consumo da bateria. Para isso, ele aumenta a presença de cores escuras na tela do aplicativo. O fundo não é totalmente preto para não causar fadiga ocular.


Desde janeiro, os usuários da versão beta do aplicativo já podiam testar o modo escuro. Agora, o recurso está disponibilizado em todo o mundo, tanto para o WhatsApp quanto para o WhatsApp Business. Entretanto, alguns usuários ainda não receberam a atualização.

É preciso que a versão do app seja a 2.20.64 ou posterior no Android, e 2.20.30 ou superior no iOS. Com o aplicativo atualizado, os usuários do Android 10 e iOS 13 podem ativar o modo escuro nas próprias configurações do aparelho.

Já para os usuários do Android 9 ou versões anteriores, é preciso abrir as configurações do WhatsApp, selecionar “Conversas” e em “Tema” selecionar “Escuro”.

VIU ISSO?

–> WhatsApp deixará de funcionar no Windows Phone

–> Nova atualização do WhatsApp permite ver vídeos da Netflix

–> WhatsApp terá uma versão para desktop que funciona sem o celular

Para divulgar o novo modo, o WhatsApp publicou um vídeo bem-humorado mostrando como é difícil (e até mesmo embaraçoso) utilizar o aplicativo em ambientes com pouca luz.

Modo escuro no Android
Modo escuro no iOS

Após o anúncio oficial, o WhatsApp rapidamente chegou ao topo dos assuntos mais comentados do Twitter, o que rendeu uma série de memes.

Com informações de The Verge.

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, FAÇA LOGIN para comentar
  Acompanhar esta matéria  
Notificação de