InícioTelefonia CelularClaro justifica queda de sinal das últimas horas

Claro justifica queda de sinal das últimas horas

Clientes da operadora enfrentaram quinta-feira caótica com ausência de sinal.

Ilustração - Cabo rompido
Imagem: Wikimedia Commons

Por volta das 14h da última quinta-feira, os clientes da Claro viveram um verdadeiro transtorno para efetuar chamadas e utilizar os serviços de internet móvel e fixa da operadora.

Uma queda no sinal impediu o acesso e chegou a afetar até mesmo a TV por assinatura oferecida pela empresa.

De acordo com o Downdetector, site mapeia instabilidade de serviços no mundo inteiro, os registros se concentraram entre as cidades Porto Alegre, São Paulo, Curitiba, Caxias do Sul, Viamão, Canoas, Campinas, Novo Hamburgo e Vitoria Da Conquista.

Há registros também em regiões do Rio de Janeiro, em menor frequência.


VIU ISSO?

–> Funcionários da Claro saem na pancadaria com cliente

–> Claro está a 41 mil linhas de perder a vice-liderança para a TIM

–> Claro TV aumenta taxa de adesão de R$ 90 para R$ 350

Às 17h da tarde, a operadora atingiu o pico de notificações no site, com 491 notificações. A redução veio por volta das 19h30 da noite, quando o problema começou a ser contido.

O gráfico mostra que a internet foi a mais afetada, seguida pelo telefone. Sobre a TV paga, há poucos relatos, mas alguns clientes também foram afetados no segmento. Confira algumas opiniões dos consumidores no Twitter:

https://twitter.com/mipitena/status/1235655315204591618
https://twitter.com/winthfr/status/1235665408042008576

Em comunicado enviado para imprensa, a Claro comunicou foi causada por conta da ruptura de um cabo de fibra óptica, na conexão entre o Sul e o resto do país.

A operadora destaca que a operação já foi normalizada e segue com um monitoramento para eventuais ocorrências.

Anderson Guimarães
Jornalista com seis anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop. E-mail: [email protected]

2 COMENTÁRIOS

Acompanhar esta matéria
Notificação de
2 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários