Central da Claro vende serviço sem cobertura na região do cliente

Aposentado de 81 anos foi convencido a trocar de operadora, até que descobriu o infortúnio.

Ilustração NeedPix
Imagem: NeedPix

Um aposentado de 81 anos foi vítima de uma prática no mínimo oportunista de um vendedor da Claro.

José Domingos da Conceição Batista era cliente de outra operadora e foi convencido a ter uma fatura multisserviços com a empresa da América Móvil.

Até então, tudo certo. O vendedor finalizou o processo e o pedido de instalação dos equipamentos para prestação do serviço foi feito.

Entretanto, o técnico esteve na residência do consumidor e informou que não seria possível instalar, já que a operadora não prestava os serviços contratados na região do aposentado.

VIU ISSO?

–> Cliente fica quase 15 dias sem internet da TIM

–> Ministro enaltece Claro e desagrada concorrentes

–> Claro desrespeita bloqueio de telemarketing e leva multa milionária

Como resultado final, o cliente precisou pagar uma taxa de reinstalação para voltar aos serviços da sua antiga prestadora.

Já a Claro deu ainda mais trabalho ao consumidor. Além da demora em ir buscar os equipamentos que foram deixados na residência, o cliente ficou sem serviços de telefonia e internet até conseguir refazer o contrato com a outra companhia.

Pessoalmente, José Domingos esteve três vezes na loja da Claro para tentar resolver o problema.

Após o caso ser levado à imprensa, a assessoria de imprensa da tele informou que já entrou em contato com o aposentado para fazer os ajustes necessários.

Com informações de Agora SP

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
7 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários