Globoplay provoca Netflix nas redes sociais

Quem disse que não dá para competir com bom humor? Entenda a brincadeira entre as duas plataformas.

Imagem: Divulgação Netflix e Globoplay

As empresas de streaming são mesmo as “moderninhas” das redes sociais. Com linguagem descontraída, conteúdo criativo e exploração de memes, as marcas se aproximam cada vez mais dos clientes e se esforçam para ganhar não só assinantes, como verdadeiros fãs.

Nos últimos dias, a conta oficial da Netflix no Twitter fez um verdadeiro “desabafo” com uma frase frequentemente dita pelos usuários da plataforma.


Sabe quando alguém reclama que não tem nada para assistir? Pois é, a “gigante do streaming” brincou com essa mania popular, mas acabou ganhando várias respostas provocativas.

Uma das mais repercutidas veio do concorrente Globoplay, que aproveitou o espaço da marca para divulgar diversas séries do seu catálogo, conforme você pode conferir na publicação abaixo:

VIU ISSO?

–> Globoplay vence importante disputa contra a Netflix

–> Globo e Netflix se unem pelo streaming; entenda o motivo

–> Globo se prepara para competir com a Netflix pelo mundo

A resposta foi muito comemorada pelos usuários da rede, que enxergaram a interação entre as duas como um verdadeiro “afronte” do serviço da TV Globo.

Por sinal, a brincadeira da Netflix colocou mesmo a marca em maus lençóis, já que os youtubers também aproveitaram para se divulgar, como é o caso de Felipe Neto e Nilce Moretto.

Muito além das redes sociais…

Atualmente, as duas empresas são concorrentes no mercado brasileiro de vídeo sob demanda. A Netflix ainda tem soberania e seu número de assinantes já ultrapassa o total de clientes das principais TVs por assinatura do país.

Entretanto, o crescimento do Globoplay é inegável e a plataforma já se divulga como o maior streaming brasileiro. Nos negócios, a concorrência entre as duas está longe de ser uma brincadeira.

Ambas empresas já disputam talentos e até mesmo direitos para produções originais, como foi o caso da série original sobre o crime da modelo Eliza Samudio, cometido pelo ex-goleiro do Flamengo Bruno.

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.

Deixe um comentário

Por favor, faça login para comentar
  Acompanhar esta matéria  
Notificação de