Oi TV via satélite cobra R$ 600 de adesão

Cobrança é exclusiva para a tecnologia DTH, condição para aderir aos serviços via fibra ótica é diferenciada.

Imagem: Site da Oi

Apesar de oferecer instalação grátis e descontos para quem optar pela fidelidade de 12 meses, uma informação pode assustar os interessados pela Oi TV no site da operadora.

Trata-se da taxa de adesão estimada em R$ 600, cobrada em 12x de R$ 50 na fatura do assinante. Valor maior que o da concorrente Claro net tv, que custa R$ 350 na adesão.


Entretanto, no caso da Oi, a informação não aparece para todas regiões. Em determinados locais, de acordo com a consulta cliente, consta apenas que possui instalação gratuita e sem outras cobranças para aderir ao serviço.

Por isso, entramos em contato com a operadora e recebemos o esclarecimento de que a taxa é exclusiva para os serviços viabilizados pela tecnologia DTH, com transmissão via satélite.

Se o consumidor assinar a TV paga via fibra ótica, que oferece IPTV, a taxa de adesão não é cobrada.

VIU ISSO?

–> Oi leva fibra ótica para mais cidades brasileiras

–> Oi Fibra chega em Santa Catarina

–> Fibra ótica da Oi já está em 76 municípios

Atualmente, a Oi segue focada na expansão da sua operação via fibra. A nova tecnologia de conexão banda larga e TV por assinatura é uma das principais apostas da prestadora para reverter o cenário crise instaurado desde sua recuperação judicial, em 2016.

Para espalhar sua nova oferta com rapidez, a operadora faz o reuso de infraestrutura e já se faz presente com a rede FTTH em 80 cidades do país.

No site da Oi, todos os consumidores conseguem consultar se a operação via fibra ótica já está disponível na região em que vivem.

Mas a expansão também é acompanhada pelo Minha Operadora, que publica com frequência sobre as novas cidades atingidas pela rede.

A SKY tem o plano ideal para a sua TV! Aproveite já com 50% de desconto no primeiro mês. Ligue 0800 123 2040.

COMPARTILHAR EM:

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
2 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários
Rogerio Pires

Pelo visto, todas as operadoras irão repassar o custo da instalação do serviço DTH para o consumidor. É um tipo de produto que o retorno é muito lento no cenário atual. A Tv por assinatura foi um produto desejado por muitos, mas sempre foi para poucos, e acabou parando no tempo; se antes a pirataria era o principal problema, agora o hábito de consumir TV por “streaming” está jogando uma pá de cal sobre o serviço. Creio que tanto Oi quanto Claro vão manter o DTH, mas direcionado a ser um produto para clientes do interior, que dispõem de parabólicas… Leia mais »

Cidade - UF
Uberlândia - MG
Jefferson Rodrigues

Eu conheci, em 2008,uma amiga que tinha tv por assinatura, em sua casa, e, quando eu vi aquilo, fiquei besta com as programações diversificadas. Então, passei a ter uma imensa vontade de assinar o serviço. No final de 2014, consegui um trampo e assinei a Claro TV. No começo, a programação era bem legal. Com o passar dos meses, a programação era muito repitida. Passei a assistir aos canais abertos. No final de 2015,cancelei o serviço e, desde então, não sinto mais falta da TV fechada. Demorei tanto a ter o serviço pago que, quando tive a oportunidade de tê-lo,… Leia mais »

Cidade - UF
Maceió