Rixa de Trump com Huawei é gerada por outros interesses, diz CEO

Executivo de empresa francesa afirma que a espionagem não é a principal preocupação do governo dos Estados Unidos.

EUA pretende financiar empresas concorrentes da Huawei

Paul Boudre, presidente da Soitec, fabricante de materiais semicondutores, afirmou que a briga entre o governo de Donald Trump e a gigante chinesa Huawei tem mais a ver pela supremacia tecnológica do que suspeitas de espionagem.

Para o executivo, as medidas tomadas por Trump nos últimos meses servem para atrasar a expansão da Huawei no mundo, para que as empresas americanas tenham tempo para alcançar o mesmo nível de avanço tecnológico alcançado pela China.


Dessa forma, companhias dos Estados Unidos, como a Cisco, Qorvo e Skyworks Solutions, poderiam acelerar suas pesquisas, podendo competir com as chinesas no lucrativo mercado do 5G.

Por mais que Trump alegue espionagem industrial e roubo de propriedade intelectual, a grande preocupação é que os Estados Unidos sejam superados tecnologicamente.

VIU ISSO?

–> Receita da Huawei alcança US$ 122 bilhões em 2019

–> América Latina vive armadilha dos EUA, segundo Huawei

–> Novos celulares da Huawei já não tem componentes fabricados nos EUA

Com a rápida expansão das redes 5G pelo mundo, nos próximos dois anos será possível saber se as ações de Trump tiveram resultado, diz Boudre.

Espera-se que a tecnologia 5G das empresas americanas comece a ganhar escala apenas em 2021.

Com informações de Money Times.

A SKY tem o plano ideal para a sua TV! Aproveite já com 50% de desconto no primeiro mês. Ligue 0800 123 2040.

COMPARTILHAR EM:

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários